PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM
GOVERNO DO ESTADO

Rodrigo Janot: "Jucá recebeu R$ 150 mil em propina"

O dinheiro, segundo a PGR, foi doado pela empresa Odebrecht para que o parlamentar aprovasse duas Medidas Provisórias

Por Wesslley Sales
29/08/2017, às 00:08

O líder do governo Temer no Senado foi mais uma vez denunciado ao Supremo Tribunal Federal. Desta vez a Procuradoria-Geral da República acusa o senador Romero Jucá (PMDB-RR) por receber propina no valor de R$ 150 mil para favorecer a empresa Odebrecht na aprovação de duas Medidas Provisórias.

Segundo a denúncia, depois de acertada a atuação do Senador para garantir que a redação do texto final da Medida Provisória 651/2014 atendesse aos interesses da Odebrecht, em outubro de 2014, a empresa doou R$ 150 mil ao diretório do PMDB de Roraima. Nesse mesmo dia, o Diretório Estadual doou esse exato valor à campanha de Francisco de Assis Rodrigues a Governador, de cuja chapa participava Rodrigo Jucá, filho do senador Romero Jucá.

Senador Romero Jucá (PMDB-RR)

Nos últimos 10 dias esta é a terceira denúncia contra Romero Jucá por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O líder do governo no Senado é alvo de 14 inquéritos no STF, cinco em investigações da Odebrecht e três da Operação Lava-Jato.

nossas redes sociais