PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

A Indiferença: O “mecanismo” brasileiro

É preciso desmontar esse mecanismo, e estabelecer um projeto de País. Projeto esse que passa pela inclusão de todos, pelo respeito a todos

Por Marcos Luiz
20/06/2018, às 15:06

O verdadeiro “mecanismo” que destrói a sociedade brasileira está oculto. Ele corrói o elo que nos torna cidadãos de um País. Ele mina as nossas bases solidárias. Ele destrói a nossa empatia com os nossos irmãos brasileiros. Ele nos faz olvidarmos os nossos verdadeiros problemas. Nos impede de ver para além do que aparece nas manchetes dos jornais. Nos impede de dialogar com o próximo. Fomenta o pensamento anti-democrático e monolítico. Nos faz desrespeitar as diferenças entre nós mesmos. Nos transforma em inimigos de nós mesmos. Violenta a nossa esperança em um futuro melhor.

E não é o chamado “jeitinho brasileiro”. Esse “mecanismo” é a indiferença. A indiferença que leva ao medo. Medo que leva ao ódio. O ódio pela criança suja que pede esmolas nas ruas. Pelo idoso que morre nos leitos de hospitais sem poder ser atendido. Pela mulher que carrega seu filho no peito enquanto caminha léguas para pegar água. O ódio pelo adolescente pobre que não tem escola e nem oportunidades. O ódio pelo despossuído, pelo miserável, pelo que não tem oportunidades. Pela barriga que “ronca” sem perspectiva de ter o pão desejado. Pelo homem que desempregado não consegue sustentar a sua família.

É preciso desmontar esse mecanismo, e estabelecer um projeto de País. Projeto esse que passa pela inclusão de todos, pelo respeito a todos, pela dignidade da pessoa humana. E pela democracia. Não há sociedade justa se não tivermos cidadãos solidários e que tenham empatia por seus próprios concidadãos. E que, acima de tudo, compreendamos que onde há miséria e falta de oportunidades não há sucesso, e sim um retumbante fracasso coletivo. O sucesso de meia dúzia e a marginalização de muitos é o sinal de que há alguma coisa muito errada na nossa compreensão do que é ser uma nação.

nossas redes sociais