Ubiraci Rocha: À sociedade piauiense

O feminicídio é fruto de uma sociedade patriarcal que ainda teima em colocar a mulher num plano inferior em relação ao homem

Por Ubiraci Rocha
10/11/2017, às 01:03 - Atualizado em 10/11/2017, às 01:14

Tendo em vista os movimentos de protesto contra o feminicídio a se realizar na cidade de Teresina/PI, nos dias 07 e 08.11.17, venho na condição de promotor de Justiça da 14ª Promotoria do Júri, e com muitos casos de feminicídio sob a minha responsabilidade, inclusive sendo o primeiro promotor à oferecer denúncia e obter condenação em homicídios com essa qualificadora no Tribunal do Júri da Capital, prestar minha total e irrestrita solidariedade às famílias das vítimas e aos movimentos dessa natureza, a fim de tentar por fim a histórica violência contra a mulher que fatalmente deságua no feminicídio, hoje razão de preocupação em todo o mundo e fruto de uma sociedade patriarcal que ainda teima em colocar a mulher num plano inferior em relação ao homem.

Casos de feminicídio no Piauí tem aumentado

Estou hoje no México à convite de Universidade mexicana e do Ministério Público desse país para proferir palestras exatamente sobre esse tema, e aproveitarei a oportunidade para denunciar à nivel internacional o grau acentuado de violência contra a mulher existente em nosso país e Estado, e que infelizmente nos deixa em situação humilhante em relação ao mundo.

Reafirmo o meu compromisso com a causa perante à sociedade piauiense, brasileira e internacional, e todas as instituições que a defendem. Cordial abraço!

nossas redes sociais