Lula e Bolsonaro: Os donos da verdade!

Se você se acha no direito de pensar fora dessa caixinha, que esses senhores vendem, está, literalmente, frito

20 de janeiro de 2020, às 15:00 | Genésio Júnior

Nesses últimos dias vimos dois movimentos claros e importantes dos dois principais grupamentos políticos nacionais que patrocinam o Fla-Flu nacional.

Teve a fala do presidente Jair Bolsonaro em ato em Brasília, no sábado,18, por contra do nascituro partido “Aliança Pelo Brasil”, em que ele disse que pode ficar mais de oito anos no cargo. “Um casamento de 4 ou 8 anos. Ou, quem sabe, por mais tempo, lá na frente”. Disse que não é “uma lua de mel”, reclamou de ingratidões, disse que não tem corrupção em seu ministério, e muito mais.

O PT anunciou, na sexta-feira,17, seus novos membros nas vice-presidências e os integrantes do diretório nacional. A ordem do ex-presidente Lula para o partido ter candidatos nas eleições municipais em todo lugar que for possível, agora se acirra, reiterada, com a ordem de que é bom se evitar prévias e disputas internas.

Os dois líderes, usando de estratégias conhecidas, também falaram de fragilidades. Bolsonaro foi direto ao falar de ingratidão, dizer que as críticas que recebe são de gente que cresceu junto com ele e são uma “falsa direita”. Lula não foi direto, mas já mandou avisar que não quer ter candidatos em todas as capitais, mas em “umas dez” seja certo.

Eles são craques nisso, tanto Bolsonaro como Lula costumam mostrar que são líderes fortes mas humanos, não são todos poderosos.

Para quem usa dos olhos e ouvidos, desapaixonados, fica evidente que os dois líderes não querem dar espaço para seu ninguém!

Lula e sua turma ficaram 12 anos no poder em tempos democráticos, isso nunca existiu no Brasil. Getúlio Vargas ficou 19 anos seguido no poder, porém só foram, ao todo, 7 anos de poder democrático. O resto todo foi na ditadura e no intervencionismo.  Se comporta como se ninguém pudesse substituir sua liderança e seu partido.

Bolsonaro agora que completou 1 ano de mandato de um total de 4. Ele disse no passado, antes de chegar na cadeira, que era contra a reeleição. Hoje, fala em 8 anos ou mais, quem sabe! É como se ninguém pudesse fazer o que ele faz.

Para quem não vê espaço para uma esquerda, que seja petista e um conservadorismo (ultraconservadorismo) que não seja com Bolsonaro, está condenado neste país. O PT fala constantemente em atentado à democracia, que esse governo que está aí é isso e aquilo, em muito tem razão, mas não precisa ir muito a fundo para ver que o PT não abre espaço nem para o seu mais fiel apoiador, quase lacaio, o PC do B. Que democracia é essa?!

Bolsonaro, destaca-se, faz tipo, como dizem os muito moços, que gosta de democracia. Logo depois da queda de Roberto Alvim da Secretaria Especial da Cultura, ele disse que “reitero nosso repúdio às ideologias totalitárias e genocidas, como o nazismo e o comunismo, bem como qualquer tipo de ilação às mesmas.”, mas sempre que pode responde jornalistas com impropérios, se referindo a mães dos mesmos.

A verdade meu caro leitor, internauta ou como você se veja, não há espaço para quem não quer entrar nesse Fla-Flu de donos da verdade. Se você se acha no direito de pensar fora dessa caixinha, que esses senhores vendem, está, literalmente, frito!

No mundo de Lula e Bolsonaro não há espaço para aqueles que não concordam com eles. Se você vê coisas boas no atual governo – elas há - será tachado como bolsonarista, se por acaso vê coisas boas nos governos petistas, elas existiram, é logo pregado em você uma foice e um martelo.

Vivemos o tempo dos donos da verdade, mas fique certo, não tem bem que seja eterno nem mal que dure para sempre!

Bolsonaro e Lula / Foto: Jornal Estado de Minas


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS