Sempre entre o bárbaro e o civilizado. A fórmula mágica do presidente Jair Bolsonaro

Genésio Júnior - Comentário

17 de dezembro de 2020, às 19:31