Com intervenção, o que fica do PMDB para João Henrique?

Só que a briga dentro do partido não se restringe apenas aos peemedebistas. Caso ocorra uma saída em massa isso mexe com a eleição de 2018

Por Douglas Cordeiro
20/09/2017, às 23:48

A intervenção do PMDB, ou melhor, do senador Romero Jucá (PMDB-RR) em alguns diretórios estaduais do partido preocupa os peemedebistas piauienses. O ex-ministro João Henrique continua buscando a candidatura própria enquanto o deputado Themístocles Filho, presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, vários parlamentares, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e outras lideranças, defendem a manutenção da coligação com o governador Wellington Dias.

O PMDB governista descarta completamente a possibilidade de ter João Henrique como candidato ao Governo do Estado. A principal argumentação é que ele não decola nas pesquisas inviabilizando por completo essa possibilidade.

Deputado Estadual João Mádison (PMDB)

Esta semana, mais uma vez, o deputado João Mádison (PMDB) voltou a falar do assunto. Aliás, um assunto que o deixa irritado. A cada declaração, a certeza de que um entendimento fica cada vez mais distante. João disse que se o senador Romero Jucá, que preside nacionalmente o partido, quiser acabar com o PMDB no Piauí, referindo-se no caso de intervenção, o caminho é impedir a coligação com a chapa governista em 2018. Mádison foi claro e disse que o próximo mês esta discussão acaba até o mês de março. De um jeito ou de outro. Até lá, vai ter conversa com Jucá e até com o presidente Michel Temer. Se for do jeito de João Henrique, João Mádison garante que a debandada peemedebista chega a 80% dos integrantes.

Vamos aqui imaginar que de fato prevaleça a tese da candidatura própria, com ou sem intervenção. Sendo assim, considerando este percentual de desfiliação, o que sobraria para João Henrique enfrentar as principais candidaturas em 2018? Não é um caso a se pensar? Outra coisa, que sigla receberá tantos nomes de peso? Caso seja apenas um partido, isso também mexe diretamente na composição da chapa para o ano que vem. A conferir.

nossas redes sociais