Correia Lima sai do regime fechado e vai para o semi-aberto

O pedido já foi protocolado pelo seu advogado perante o juiz da Comarca de Parnaíba, onde o ex-oficial encontra-se preso

Por Pedro Alcântara
22/12/2017, às 02:08 - Atualizado em 22/12/2017, às 02:49

Após 19 anos de prisão em regime fechado, o ex-coronel da PM do Piauí José Viriato Correia Lima sairá da prisão em regime fechado para o semi-aberto. O pedido já foi protocolado pelo seu advogado perante o juiz da Comarca de Parnaíba, onde o ex-oficial encontra-se preso. Acusado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de chefiar o crime organizado no Estado, Correia Lima está preso desde 1999 por determinação judicial após diversas condenações por homicídios. Ele responde também por outros crimes nos estados do Ceará e Minas Gerais.

Ex-coronel Correia Lima / Foto: Cidade Verde

DISPENSOU INDULTO

Pelo tempo de prisão e o bom comportamento, pois agora é Pastor Evangélico, o ex-coronel poderia sair através do indulto para passar as festas de fim de ano ao lado da família. Mas ele preferiu a mudança de regime.

FECHADO E SEMI-ABERTO

Correia Lima está recolhido na Penitenciária Mista de Parnaíba. Ele cumpre pena por homicídios que, segundo o Ministério Público, aparece como mandante. Só em Teresina são vários casos, um deles é o do Delegado Arias Filho.

E MAIS

Pesa ainda contra o ex-oficial, de acordo o MP, os assassinatos do engenheiro da TELEPISA, Castelinho, do seu caseiro, Zé Quelé, Cabo Honório e de dois representantes comerciais, cujos corpos foram encontrados queimados na Taboca do Pau Ferrado.

PARA ONDE VAI

Se for concedido o pedido feito pelo seu advogado, Correia Lima será transferido de Parnaíba para Teresina, sendo lotado na Penitenciária Agrícola Major César Oliveira. Quando terminar de cumprir pena no Piauí, o ex-coronel será entregue a Justiça do Ceará.

OFICIAL EXPULSO RETORNA     

Expulso do Corpo de Bombeiros por ato do governador, o capitão Anderson, presidente da Associação dos Bombeiros está de volta ao seu lugar. A decisão é do desembargador Hilo Almeida acolhendo Mandado de Segurança do advogado Marcos Vinicius Brito.

MAIS DINHEIRO

Saiu o relatório da Secretaria estadual da Fazenda relativo a arrecadação do mês de novembro. Houve um incremento de 20% se comparado ao mesmo período de 2016. O aumento beira a R$ 50 milhões.

PATERNIDADE

Aprovada pela Câmara dos deputados, a Universidade Federal do Delta do Parnaíba é alvo de disputa paternidade por diversos políticos. Pode aparecer até mil, mas ninguém tira os méritos de Paes Landim, Mão Santa e Júlio César.

CONDUÇÃO COERCITIVA

O instituto da condução coercitiva (prisão debaixo de vara) existe no art. 260 do Código de Processo Penal Brasileiro e se aplica quando o acusado se recusa cumprir determinação judicial. Mas, para tanto, ele deve ser notificado e assinar a convocação.

SOB NOVA DIREÇÃO

A partir de 2018, o PRB do Piauí vai ter novo presidente. Será o deputado federal Rodrigo Martins. Ele foi convidado a se filiar, mas disse ao presidente Marcos Pereira que só se filiaria se continuasse fazendo oposição ao governador Wellington Dias. Pedido feito e aceito.

Deputado Federal Rodrigo Martins (PSB-PI)

PUXA-ENCOLHE

O PHS do Piauí vive uma crise de identidade. O presidente nacional precisa dizer aos piauienses quem é o presidente estadual, o ex-vereador, Tiago Vasconcelos ou o ex-prefeito de Paulistana, Luiz Coelho. Os dois dizem ser o presidente e como tal, agem.

PARA ONDE VAI BOLSONARO?

O presidenciável Jair Bolsonaro bem que poderia fundar um partido para ele. Já andou em várias siglas e não se afirma. Agora mesmo acaba de sair do PATRIOTAS e tentou o PSL, mas foi refugado. Afinal, para onde vai Bolsonaro?

MORRE O CRIADOR DA FRASE, “QUE PAÍS É ESSE?”

Morreu nesta 5ª feira em Belo Horizonte o ex-governador de Minas Gerais, o piauiense Francelino Pereira, 96 anos. É dele a frase que ficou famosa e que virou hit na voz de Renato Russo da banda Legião Urbana: “que país é esse?”.

COMO FOI

Natural de Angical, cuja prefeita é sua sobrinha, Francelino era presidente da ARENA em 1976, quando o então presidente Geisel prometeu eleições diretas no ano seguinte. A oposição duvidou e ele soltou a frase: “que país é esse, onde se duvida até da palavra do presidente?”.

NÃO HOUVE

A oposição tinha razão. No ano seguinte, 1977, Geisel editou o famoso pacote de abril. Fechou o Congresso e criou a figura do senador biônico, ou seja, mandato sem ser eleito pelo povo, apenas pela casa legislativa.

TEJE SOLTO

A presidente do STF, Carmen Lúcia negou pedido de soltura para o deputado Paulo Maluf. Mas, anotem para conferir, ele só ficará preso até seu pedido chegar as mãos do ministro Gilmar Mendes. Alguém duvida?

Ministra Carmén Lúcia, presidente do STF

NOTAS & NÓTULAS

- O ex-governador Hugo Napoleão é o novo presidente da Comissão de Trânsito do Conselho Federal da OAB.

- Morreu Heriberto Simões, PRF aposentado. Foi também, radialista, da rádio Pioneira de Teresina nos anos 70.

- A Justiça mandou fechar o bingo Piauí CAP que hoje tem outro nome. E aí, como fica?

nossas redes sociais