Freitas Neto pode deixar PSDB se não puder ser candidato

Na esteira dessa informação, fala-se que o ex-senador João Vicente Claudino poderia vir a ser o vice de Freitas

Por Pedro Alcântara
06/10/2017, às 00:13 - Atualizado em 06/10/2017, às 12:32

Candidatíssimo a governador do Estado, o ex-governador Freitas Neto, ameaçou abandonar seu partido, o PSDB, caso lhe seja negada a legenda para se candidata em 2018. 

“Esse assunto eu só vou tratar no próximo ano. Por enquanto, estou observando o cenário e, se aparecer um grupo disposto a me acompanhar, serei sim candidato mesmo que o meu partido me negue a legenda. Não terei nenhum dificuldade de mudar de partido”. 

Freitas Neto governou o Piauí de janeiro de 90 a março de 94,quando saiu para ser eleito senador da república.

Ex-governador Freitas Neto

O VICE

Nos bastidores, o que se comenta, é que o grupo do qual fala o ex-governador, seria de empresários. Na esteira dessa informação, fala-se que o ex-senador João Vicente Claudino poderia vir a ser o vice.

JVC CANDIDATO

Ouvido pela coluna, o ex-senador João Vicente confirmou que será candidato em 2018 a algum cargo majoritário, mas não revelou qual. No momento ele está sem filiação, mas garantiu que até o final e março assinará a ficha de um partido, provavelmente o PTB.

COLIGAÇÃO

João Vicente já não descarta mais uma aliança com o governador Wellington Dias de quem foi aliado em duas eleições. 

“Nem o exame de DNA dá 100% positivo. Em política também é assim, tudo pode acontecer, inclusive nada”, disse o ex-senador.

João Vicente Claudino

TOLERÂNCIA TEM LIMITE

Esta semana, o presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar passou um corretivo nos colegas. Regimentalmente, as sessões da casa devem começar as 8h. Mas sempre há uma tolerância de 15 minutos.

MAIS 15

Na quarta-feira (04/10), o presidente esperou 15 e mais 15 minutos para abrir a sessão. As 8h30, sem quórum, abriu, fechou e lavrou a ata. Quando a turma chegou ele estava  saindo do plenário. Interessante é que ninguém reclamou. Pudera, não havia razão mesmo.

SÓ NO PIAUÍ

Essa vai para o meu livro. Só no Piauí, pelo menos por enquanto, um pai deixa um filho de 13 anos numa cela de uma penitenciária aos cuidados de um  preso, condenado por estupro. Seria uma piada pronta, se não fosse verdade.

INTIMIDADE NA CELA

Informações de bastidores, repassada a coluna, dão conta de que, o menino entregue pelo pai aos cuidados de um presidiário estuprador, há um mês tinha essa prática. Ficava na cela com o preso que vem a ser seu padrinho.

SE CORRER O BICHO PEGA...

Não é difícil entender como o garoto entrava todo dia no presídio. O pai trabalha na horta da penitenciária major César e o filho lhe fazia companhia.

...SE FICAR, O BICHO COME

Mas, ao invés de ir para a horta, porque é proibido menino trabalhar, ficava na cela onde também a lei proíbe. Qual o mais grave, o trabalho infantil ou o risco de estupro?  

PRISÃO SÓ PARA O PAI?

Ok, o pai foi preso porque levava o filho e deixava com o estuprador. Mas vem cá, porque só ele está preso? E  o pessoal que deixava ele entrar todo dia com o menino para deixá-lo na cela não vai acontecer nada?

DE FATO E DE DIREITO

Ouvido ontem no plenário da Assembleia: 

“O Piauí tem hoje, dois governadores. O de direito, eleito pelo povo, Wellington Dias e o de fato, que resolve tudo, principalmente, problema de dinheiro nesses dias de sufoco. É Ciro Nogueira que é aliado do governador e de Michel Temer".

RICO SEM TRABALHAR

O Sr. Carlos Artur Nuzman presidente do COB, nunca deu um prego numa barra de sabão e tem um patrimônio bilionário. Começou a vida como jogador de volleybol. Depois presidiu a Federação da categoria de onde partiu para COB e lá ficou por 25 anos até ser preso ontem.

Carlos Artur Nuzman

RECURSO AO PAPA?

Pegou mal, muito mal, essa história do secretário de Segurança do Estado, pedir socorro ao presidente da Câmara Federal se dizendo ameaçado de  morte pelo PCC. E nós, seus segurados, vamos recorrer a quem?

MODULAÇÃO

A decisão do STF de colocar na Ficha Limpa, pessoas com condenações anteriores a sua vigência, tem a ver com a Lei das Inelegibilidades que precede a lei da Ficha Limpa. Falta agora, a modulação, ou seja, a partir de quando essa nova regra tem validade.

FRAUDE NO UBER

Denúncia chegada por e-mail, dá conta de que, tem motorista do UBER que quando termina a corrida, entrega ao passageiro seu cartão pessoal e pede ao cliente que, da próxima vez, ao invés de utilizar o aplicativo UBER, ligue para seu número particular. Ô balão!

NOTAS & NÓTULAS

- A turma ralando nos campos, quadras e piscinas para ganhar uma medalhinha e o Sr. Nuzman literalmente, escondendo barras de ouro no cofre.

nossas redes sociais