PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Mão Santa já elogia o PT e diz que oposição está esfacelada

Mão Santa surpreendeu ao dizer também, que se não for condenado e preso, Lula será eleito presidente da República

Por Pedro Alcântara
08/01/2018, às 07:01

“Só não muda quem abdica do direito de pensar. Aquela frase que eu criei em 2010 sobre nascer, morrer e votar no PT, não digo mais. Hoje, existem outros partidos piores do que o PT”, foi o que disse o prefeito de Parnaíba, Mão Santa, ao repórter Hilder Monção, da TV Antena 10. Mão Santa surpreendeu ao dizer também, que se não for condenado e preso, Lula será eleito presidente da República e não descartou apoiar o PT. Para Mão Santa, o governador Wellington Dias também será reeleito porque a oposição está esfacelada. Ele disse que seu sobrinho, Zé Filho, será eleito deputado com 100 mil votos.

Mão Santa, Prefeito de Parnaíba

ADALGISA

Sobre uma provável candidatura de sua esposa, Adalgisa Moraes Souza, Mão Santa falou que ela não será vice de ninguém. “Eu quero ela perto de mim o tempo todo”. Adalgisa recebeu convite de vários candidatos da oposição para ser vice.

UNIVERSIDADE DO DELTA

Com relação a Universidade Federal do Delta do Parnaíba, Mão Santa foi áspero contra os deputados Júlio César (PSD) e Paes Landim (PTB). Os dois proclamam serem o “pai da ideia”. Segundo ele, o projeto original é de sua autoria no Senado.

ME CHAMA QUE EU VOU

Um ex-deputado com votação em Parnaíba que se diz especialista em Mão Santa, analisou as palavras do prefeito parnaibano e concluiu: “O Mão Santa quer ser convocado pelas oposições para ser o candidato a governador como ocorreu em 1994”. Ah, bom!

PM: 70 MIL ATENDIMENTOS

O serviço de atendimento público da Polícia Militar do Piauí registrou durante todo o ano de 2017, 70 mil chamadas atendidas. A informação é do subcomandante da corporação, coronel Lindomar Castilho.

Coronel Lindomar Castilho / Foto: GP1

100 MIL

Segundo ele, foram mais de 100 mil chamadas, sendo que, nesse contexto ainda há a figura do velho “trote”, aquela chamada feita por desocupados, cujo fato não aconteceu. Nesse serviço não entra o Corpo de Bombeiros. Aqui, trata-se de socorro policial.

COMO SERÁ?

Vem aí a multa para pedestres e ciclistas. A pergunta que não cala: como será a abordagem para multar? Essa pergunta é feita porque a legislação brasileira diz que ninguém é obrigado a produzir provas contra si.

NÃO ENTREGO

Na hora de entregar os documentos o cidadão estará produzindo sua culpa. Um exemplo é o caso do motorista supostamente embriagado que se recusa e fazer o exame do bafômetro. É a mesma coisa. Quem aí vai dar o CPF, RG, título de eleitor para ser multado?

Quem aí vai dar o CPF, RG, título de eleitor para ser multado?

CASO EMILLY

Estão fazendo tempestade em copo d´água, no caso do estúpido assassinato da menina Emilly, crime praticado por policiais militares em Teresina. Seja o inquérito pela PM ou pela Policia Civil, o caso vai parar no Tribunal do Júri, por se tratar de crime doloso contra a vida humana.

MATAR ALGUÉM, ART. 121

Crime doloso, com intenção certa de matar. Art. 121 do Código Penal é claro: matar alguém. Pena de 12 a 30 anos com suas agravantes e/ou atenuantes. O fato de estarem em serviço não os eximem da culpa.

ERRO SOBRE A PESSOA, ART. 20, § 3º

O que houve naquela desastrada ação policial foi “erro sobre a pessoa”, crime doloso contra a vida, tipificado no art. 20 § 3º do nosso Código Penal, logo, o autor deve enfrentar o Tribunal do Júri Popular, independente se é civil, militar, eclesiástico, pai de santo, ateu, etc.

ERRO DE PESSOA MATOU VEREADOR

O fato deu-se na cidade de Picos a 340 km de Teresina, em 28.04.2002. O pistoleiro Odaly Soares foi contratado para matar o fazendeiro de nome Manelão. Na hora do crime, matou por engano, o vereador Pedro Barbosa que tinha a mesma compleição física do fazendeiro.

NÃO ERA A PESSOA CERTA

Preso, o pistoleiro confessou o crime e contou que matou a pessoa errada. Julgado pelo Júri Popular, ele, o mandante e os coadjuvantes foram todos condenados. Isso se deve ao fato de que, o indivíduo quando erra o alvo, apenas erra, mas a intenção é matar alguém.

ERRO DE PESSOA COM ATENUANTE

Há casos em que alguém mata alguém com dolo, e pode até ser absolvido. Em Teresina, em 1977, um pai matou o filho no bairro Monte Castelo com um tiro. O jovem saiu para uma festa e ao chegar, havia faltado energia elétrica, o pai o confundiu com um ladrão. Foi absolvido.

NOTAS & NÓTULAS

- Você obedeceria uma autoridade do transito que tem 120 pontos na CNH?

- Os deputados Antônio Félix e Henrique Rebelo estão de malas prontas para o PTC.

- Baixou o santo da Copa do Mundo nos meninos do River. Ganharam a 1ª por 3 x 0 e perderam a segunda por 7 x 0.

nossas redes sociais

vídeos mais vistos