Oposição vai relatar projeto do imposto na Comissão de Finanças

O presidente o deputado Severo Neto (PMDB) que está na Europa. O vice-presidente é o tucano Luciano Nunes (PSDB) que recebeu a demanda e imediatamente nomeou o relator, deputado Rubem Martins

Por Pedro Alcântara
27/10/2017, às 00:58

Aprovado na Comissão de Constituição e Justiça, o projeto do governo que cria o REFIS e aumenta os impostos de vários produtos já está na Comissão de Finanças, cujo relator será o deputado Rubem Martins (PSB), um dos líderes da oposição na Assembleia. Essa comissão tem como presidente o deputado Severo Neto (PMDB) que está na Europa. O vice-presidente  é o tucano Luciano Nunes (PSDB) que recebeu a demanda e imediatamente nomeou o relator. Contrário a aprovação do projeto, Rubem Martins deverá preparar um parecer eminentemente técnico.

Deputado Luciano Nunes (PSDB)

ÚLTIMA INSTÂNCIA

A notícia veiculada por esta coluna de que a oposição poderá judicializar a questão é verdade verdadeira. Mas o deputado Robert Rios (PDT), disse que vai dar uma chance ao governo: “só levaremos o caso ao Tribunal de Justiça após esgotadas todas as tratativas”. A conferir.

QUEIMA DE CANDIDATOS

Ao menos seis candidatos disputarão vagas para deputado estadual na cidade de Parnaíba em 2018. Estão confirmados os nomes de Zé Filho (Sem Partido), José Hamilton (PTB), Dr. Hélio (PR), Tererê (PSDB) , Joãozinho da Unimagem (PDT), além  de um vereador e o vice-prefeito da cidade.

CONSTRANGIMENTO 1

Pessoas que passaram por cirurgias de transplantes de fígado, estão agora, passando por outro grave problema. Elas periodicamente tem que se deslocar para Fortaleza para revisão do transplante no hospital onde foi feita a operação. A despesa quem banca é o governo federal.

CONSTRANGIMENTO 2

O verba para o deslocamento e a hospedagem bancada pelo governo federal é controlada  pela secretaria estadual de Saúde. Pois os transplantados não estão recebendo o benefício, ou seja, a passagem aérea. Com isso, correm sérios riscos até de morte.

CONSTRANGIMENTO 3

A informação repassada aos pacientes pelas agencias que cuidam das passagens é de que o governo não paga a despesa desde julho. Tem gente pagando do bolso e se deslocando de ônibus, quando o protocolo médico dos transplantado proíbe viagem longa por terra.

CONSTRANGIMENTO 4

O caso já foi parar na Procuradoria da República no Piauí por se tratar de verba federal. Caberá aos procuradores federais investigar porque esse dinheiro não chega as agências de passagens áreas. Estamos falando de vidas humanas com risco de morte e com urgência.  

FERIADÃO

Esse país não sério. O dia do Servidor Público é 28 de outubro. Pois o STF alterou a  data. Sabem porque? Ora, porque 28 será sábado. Assim, a semana que vem começa na 2ª e acaba na 4ª feira, pois 5ª, 1º de novembro, é Finados e dia 3 ponto facultativo.  

Supremo Tribunal Federal

EFEITO DOMINÓ

Ora, se a Suprema Corte do país quer gandaiar, os outros poderes devem seguir o mesmo rito. O presidente da República, governadores e prefeitos também vão dá pronto facultativo na 6ª feira, 3. A decisão do Supremo tem efeito cascata para todos os tribunais do Brasil.

INVESTIGAÇÃO

Mesmo com a direção da Maternidade Evangelina Rosa negando, o Ministério Público decidiu investigar a denúncia da vereadora Teresa Brito (PV), de que quatro bebes morreram por causa do calor na UTI.

DOAÇÃO DE SANGUE

A corte do STF suspendeu o julgamento da ADIN proposta pelo PSB sobre doação de sangue por homossexuais. O placar está 5 x 0 pela aceitação da ADIN. O ministro Alexandre de Moraes votou a favor, mas quer que o sangue colhido seja examinado em separado.

SUSPENSO

O julgamento foi suspenso por um pedido de vistas do ministro Gilmar Mendes. Ele disse que vai discutir o assunto com técnicos e doutores da área de hematologia com profundidade para dá um voto consciente.

JAIR & JOAQUIM

Eis quem surge no cenário político, ele, o maratonista Joaquim Saraiva se lançando pré-candidato a governador em 2018.Com um detalhe: fará dobradinha com o deputado Jair Bolsonaro para presidente. Saraiva foi o único dos nanicos quem 2002 enfrentou o PT.

Joaquim Saraiva

A CASA CAIU

Faz tempo que se ouve falar por aqui nas ações da “turma de Parambu”. Finalmente, a Policia desvendou o “mistério”. Segundo os Delegados, o grupo financiava prefeitos no Piauí, Ceará e Maranhão. Com uma exigência: ficar com a chave do cofre. Ah, bom!

NOTAS & NÓTULAS

- De uma raposa da política local: “ora, se o presidente do PMDB do Piauí, Marcelo Castro não apoiou Temer, porque Fábio Abreu teria que apoiar?”

- Nas contas do Planalto, o Piauí daria 7 votos a Temer. Só deu cinco.

- Que coisa! Em Piripiri ladrões levaram o cofre da Igreja de N.S. dos Remédios com toda a renda do festejo.

- O destino é irônico. O deputado que deu o voto de nº 171 a favor de Temer é o mesmo que está preso pelo crime do art. 171 do Código Penal. De dia é deputado, a noite vira preso.

nossas redes sociais