Qual será o próximo voo dos tucanos piauienses?

O fato é que 2018 está chegando e não se tem ainda uma posição clara de que rumo o PSDB vai tomar nas eleições do ano que vem

Por Tarcio Cruz
27/07/2017, às 03:33 - Atualizado em 28/07/2017, às 01:08

Enquanto o PSDB nacional participa ainda ativamente das construções políticas do governo Temer e aparece com bons nomes paras as próximas eleições presidenciais, no Piauí uma aparente calmaria nas bases tucanas intriga a tanto situação quanto oposição. O que se observa é silêncio e uma sequência de respostas lacônicas que foram recorrentes do PSDB em toda a sua história. Quem nunca assistiu uma entrevista do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em que o político fala, fala, fala, mas no fim não diz nada. No Piauí não tem sido diferente. Os políticos tucanos parecem esconder até o último momento possível suas intenções.

Qual o próximo voo dos tucanos piauienses? Com apenas cinco prefeituras no Piauí, sem representação federal e três parlamentares na Assembleia, o PSDB dá indícios de mais uma vez estar ausente do protagonismo no Estado. O Presidente partido, deputado Marden Menezes, já manifestou o desejo de uma possível candidatura de Firmino Filho ao Governo do Estado. Porém, Firmino já rechaçou qualquer possibilidade. Silvio Mendes, embora no PP mas com fortes ligações com o PSDB, é outro que já se esquivou da responsabilidade das eleições.

Que rumo tomar?

O deputado Luciano Nunes assumiu recentemente o comando de uma importante instituição federal. A frente da UNALE (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais) o tucano tem se aproximado de políticos influentes no cenário nacional , cresceu politicamente mas deve se candidatar a reeleição. Também não tem se posicionado publicamente sobre o futuro do partido. O deputado Firmino Paulo está no primeiro mandato e assim como Luciano Nunes, evita dá opiniões sobre 2018

Independente da escolha no Estado uma certeza permeia o diretório do PSDB que é a necessidade de assumir um papel mais importante nas decisões políticas do Piauí. O fato é que 2018 está chegando e não se tem ainda uma posição clara de que rumo os tucanos vão tomar. O que o partido planeja para o futuro.

nossas redes sociais