PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Deputados tomam posse. Governador volta. Hora da vida real

A solução para os problemas enfrentados pelo Piauí passa obrigatoriamente por um trabalho conjunto do executivo com o legislativo

Por EDITORIA DE POLÍTICA
01/02/2019, às 09:02 - Atualizado em 01/02/2019, às 12:02

Mais uma legislatura começa. Os trinta deputados tomam posse depois de vários dias de intensas negociações envolvendo a eleição da mesa diretora. Nos instantes finais, com a ajuda do governador Wellington Dias e a colaboração das principais forças políticas envolvidas, chegou-se ao consenso.

O fato novo nessa história é que o deputado Nerinho resolveu lançar sua candidatura avulsa trazendo para a Assembleia Legislativa uma briga da Câmara Municipal de Picos.

O fato é que o parlamento deve se preparar para dias bem mais turbulentos que a disputa pela presidência. Na próxima semana começa a tramitar a reforma administrativa que precisa de aprovação rápida. Afinal, o governo vai começar oficialmente depois da aprovação.

Só que antes, tem a divisão dos cargos e a difícil equação de menos espaços para mais pretendentes. Conversando com alguns parlamentares da base governista, cada um apresenta critérios diferentes que deveriam ser adotados pelo governador na hora das definições.

Resolvido o xadrez, começa a difícil missão de enfrentar uma crise econômica severa, quedas sucessivas de repasses federais, a necessidade de investimento em segurança pública, o rombo da previdência e a certeza de que a margem para investimentos em infraestrutura com recursos próprios é quase zero.

A solução passa obrigatoriamente por um trabalho conjunto do executivo com o legislativo. Por isso, é deixar a eleição no passado e começar a encarar a vida real.

Novos deputados tomam posse

ELEIÇÃO NO SENADO

Os três senadores piauienses vão votar em diferentes candidatos. Ciro Nogueira votará em Espiridião Amim, candidato do PROGRESSISTAS. Marcelo Castro em Renan Calheiros, também do seu partido e Elmano Férrer em Álvaro Dias, senador do seu partido.

DIVISÃO DO BOLO

O deputado Átila Lira já teve um primeiro encontro com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para discutir a ocupação dos cargos federais no Piauí. Na próxima semana, está marcada outra conversa para iniciar as definições.

NÃO É MENINO

Quem está em Brasília acompanhando tudo de perto é o vereador de Teresina, Luís André. Aliado de Átila e membro do partido de Bolsonaro, o parlamentar também pretende reivindicar o seu espaço nessa divisão.

POR FALAR NISSO

Estamos esperando o contato da direção estadual do PSL sobre a questão dos cargos federais. Parece que não existe nenhuma sintonia entre os membros do partido e bancada federal. Vamos aguardar no que via dá.

TEMPORADA DE CAÇA

O mês de fevereiro vai ser recheado de filiações. PROGRESSISTAS e PSD partem na frente. Os dois partidos estão preparando grandes eventos para a chegada de novos membros. Vão filiar desde Deputado Federal até Vereadores.

ENQUANTO ISSO

PTB e PSB que já dominaram a cena política piauiense estão definhando a cada dia. As duas siglas devem sofrer mais baixas este ano. É do jogo.


TWITTADAS DO TRINDADE

  • Na ALEPI, além da eleição, outro assunto toma conta das rodas: o nível exagerado de exigências de alguns novatos e o excesso de humildade de outros. Esse é o país dos extremos, mesmo.
  • Um dos novatos já exigiu troca de computador, de cortina e até de piso do gabinete. A foto “posuda” também já está no lugar. Esses deslumbrados ganham, de cara, a antipatia dos servidores e dos colegas.
  • O pior, acredite, é que são justamente esses, os mais exigentes e vaidosos, que alardeiam que a palavra de ordem é “corte de gastos” na casa e em todos os poderes.
  • Por lá (pela ALEPI) um dos novatos vem dando exemplo de humildade e simpatia. Isso dito por servidores e colegas deputados. Oliveira Neto é o nome do neófito.
  • Todas as vezes que formos nos posicionar sobre um fato é muito importante nos transportarmos para a condição de eventuais beneficiários da decisão a ser tomada. “E se fosse comigo? E se fosse um irmão meu?”

nossas redes sociais