PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Firmino Filho, a nova base na Câmara Municipal e o ano de 2018

Firmino agiu rápido após a eleição do vereador Jeová Alencar (PSDB) e reformatou a base que para ele está mais enxuta, com maior fidelidade e disciplina

Por EDITORIA DE POLÍTICA
17/12/2017, às 00:12 - Atualizado em 17/12/2017, às 01:12

O desabafo do vereador Major Paulo Roberto (SD) declarando que foi empurrado para a oposição revelou uma nova formatação na Câmara Municipal de Teresina. O prefeito prometeu fazer uma reforma administrativa no início de 2018, porém o contexto político antecipou o movimento do Palácio da Cidade e o novo arranjo político do legislativo Municipal está exposto. 

Firmino agiu rápido após a eleição do vereador Jeová Alencar (PSDB) e reformatou a base que para ele está mais enxuta, com maior fidelidade e disciplina. Com o apoio do presidente do legislativo e a ajuda do vice-líder Venâncio Cardoso (PROGRESSISTAS), que mantém um bom relacionamento com todas as correntes da casa, Firmino pensa além, avalia possíveis perdas com eleições estaduais do próximo ano e calcula cada passo para não ser surpreendido novamente.

Prefeito de Teresina, Firmino Filho

A repactuação dos cargos no executivo municipal acontecerá no mês de janeiro e o presidente Jeová Alencar declarou que a medida seja meramente uma retaliação. 

“Eu acredito que qualquer reforma que o prefeito faça seja por questões administrativas. Teresina tem muitos problemas e reforma apenas para retaliação seria muito pequeno. Eu acho que esse não é o perfil do prefeito Firmino Filho. Tenho certeza que ele esteja muito mais preocupado em resolver os problemas da cidade e caso venha uma reforma será para melhorar a máquina e torná-la mais ágil e não por uma questão de punição a vereador A, B ou C”, finalizou Jeová.

Para o andamento adequado das matérias, Firmino necessita de uma maioria qualificada, precisamente, 20 vereadores. Com Jeová Alencar e Luís André (PSL), o prefeito tem 21 vereadores o que gera uma tranquilidade. 

Na oposição, dos nove parlamentares apenas Deolindo Moura (PT) e Zé Nito (PMDB) não deverão ser candidatos no próximo ano, fato que traz instabilidade à bancada por ter que aliar campanha e expediente no Legislativo. 

Já na base governista, Firmino articula e desenha uma formação com um número menor de pré-candidatos. Como revelaram os bastidores, Firmino repete o lema de sua primeira campanha. “Teresina daqui para a frente”. A frente, o gestor vê uma Câmara um pouco mais dividida, porém menos instável.

ELEIÇÃO NA CÂMARA 1

Ainda sobre as críticas do Major Paulo Roberto, o vereador afirma que ele alertou ao presidente Jeová Alencar que havia uma manobra para tirá-lo da presidência da Câmara. Porém, que o contra-ataque do vereador tucano foi mais rápido do que ele imaginava.

Vereador Major Paulo Roberto (SD)

ELEIÇÃO NA CÂMARA 2

Por outro lado, Major Paulo Roberto reafirma que não traiu o prefeito Firmino Filho. Mas, que a intenção de derrubar Jeová Alencar foi do Secretário de Governo, Charles da Silveira, para emplacar seu ex-secretário e vereador Evandro Hidd (PDT).

Vereador Major Paulo Roberto (SD)

TEM QUE EXPLICAR

Prefeito extremo sul do Piauí teria contratado empresa de outra cidade para alugar veículos fantasmas. O caso foi parar no TCE após denúncias de dois vereadores da cidade. Por outro lado, os professores estão com três meses sem receber salários e fazendo empréstimos para pagar as contas do mês. O prefeito sequer sabe quando vai regularizar o pagamento. 

Município de Caracol. sul do Piauí.

CADÊ O DINHEIRO?

Agora, o município em questão recebe mensalmente em torno de R$ 108 mil para pagamento dos professores através do FUNDEB, dinheiro do Governo Federal carimbado para este fim. Sobre onde foi parar esse recurso ele não explicou.

Caracol recebe R$ 108 mil do FUNDEB

SOB NOVA PRESIDÊNCIA

As eleições do próximo ano serão orientadas pela nova direção do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí. Na próxima terça-feira (19/12) acontece a sessão solene de posse do presidente, Desembargadores Francisco Antônio Paes Landim Filho. Ele comanda o TRE-PI no biênio 2018-2019.

Desembargador Francisco Antônio Paes Landim Filho / Foto: GP1

SÓ PARA 2018

O deputado Federal Heráclito Fortes não é menino. Há muito tempo sabendo que a Reforma Previdenciária não passaria este ano tratou de confirmar com os jornalistas piauienses seu tradicional café da manhã para o dia 18 de dezembro. Alguém acredita que se Temer tivesse os votos necessários o deputado Heráclito estaria nesta data no Piauí?

Deputado Federal Heráclito Fortes (PSB-PI)

DE OLHO NA ARTICULAÇÃO

O deputado federal Mainha (PROGRESSISTAS-PI) visitou a secretaria de governo para parabenizar o Ministro Antônio Imbassahy pelo trabalho desenvolvido na pasta e desejar boa sorte ao novo ministro, Carlos Marun.

Deputado Mainha com Antônio Imbassahy e Carlos Marun

nossas redes sociais