PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Gustavo Bebianno e Ciro Gomes atacam Lula e Jair Bolsonaro

O primeiro da fila foi o “braço direito”, Gustavo Bebianno, ex-ministro, homem responsável pela condução da campanha do atual presidente da República

Por EDITORIA DE POLÍTICA
19/11/2019, às 11:00 - Atualizado em 21/11/2019, às 02:56

É incrível como ao logo do tempo o presidente Jair Bolsonaro tem transformado aliados em inimigos combatentes. A lista não para de crescer. Mais recentemente, Alexandre Frota, Joice Hasselmann e por último, o próprio partido, o PSL.

O primeiro da fila foi o “braço direito”, Gustavo Bebianno, ex-ministro, homem responsável pela condução da campanha de Bolsonaro.

Em entrevista ao filósofo Luiz Felipe Pondé, no canal do YouTube, Democracia na Teia, afirmou categoricamente que Jair Bolsonaro torce pela manutenção do PT no jogo político. Segundo ele, um não vive sem o outro.

Para Bebianno a equação é simples. A radicalização alimentada pelos bolsonaristas nas redes sociais tem como objetivo manter seu eleitorado mais fiel que gira em torno de 18% a 20%. Na mesma linha de raciocínio, o PT teria entre 25% a 30%. Assim os dois iriam para o segundo turno, o mesmo cenário de 2018 e os votos partidos do centro seriam pulverizados com as outras candidaturas. Parece simples, mas em política, principalmente a longo prazo, simplicidade não é a regra.

Mas voltando ao início da entrevista, Gustavo Bebianno classificou o núcleo de assessores mas próximo de Bolsonaro como “Gabinete da Candinha”, responsável por espalhar fofocas e destruir reputações.

Disse ainda que existem dois governos. Um de Bolsonaro e outro de Paulo Guedes que para ele, tem um bom projeto de modernização e recuperação da economia brasileira.

Só que agora Bebianno adotou o governador de São Paulo, João Dória, como candidato à presidência da República em 2022.

No mesmo dia, Ciro Gomes foi entrevistado pelo jornalista Leda Nagle também no seu canal no YouTube, com mais crítica, só que o leque foi ampliado. Além de Bolsonaro, Lula também foi alvo.

Dono de uma oratória invejável, Ciro analisou a situação atual do Brasil, criticou Paulo Guedes e no final das contas, aliás contas bem simples, propôs medidas para resolver, por exemplo, a deficit do governo em 12 meses. Deixou em aberto, mas admitiu a possibilidade de tentar novamente à presidência da República em 2022.

Independente de que disse o que, o importante é que o debate seja alimentado, sem ódio, rótulo e que seja privilegiado o debate de ideias e não a busca de super-heróis que prometem o que jamais poderão cumprir.

Ciro Gomes / Foto: VEJA


PASSANDO A RÉGUA

NADA DE DESISTÊNCIA

Todo mundo esperou a tão falada coletiva do deputado estadual Henrique Pires onde seria anunciada a desistência de sua candidatura. Não houve, a assessoria negou e ele disse ao Portal Douglas Cordeiro que ainda vai esperar algumas pesquisas para tomar uma decisão.

LOBÃO CONTINUA

No meio desse vai ou não vai, o vereador de Teresina, Luiz Lobão continua firme com a pré-candidatura à prefeitura da capital. E reafirma que não há problema de apoiar Dr. Pessoa caso ele não consiga viabilizar sua candidatura.

COMEÇOU A ESQUENTAR

A semana começou com a troca de farpas entre o prefeito Firmino Filho e o deputado Estadual Cícero Magalhães. Firmino disse que o PT corre o risco de lançar um candidato “laranja” em 2020. Já Magalhães respondeu exigindo respeito ao pré-candidato do partido, que segundo ele, fez mais pela cultura da capital do que o próprio prefeito.

CAMPANHA DA COMPARAÇÃO

Firmino disse ainda que na próxima eleição a população vai ter a oportunidade de comparar o modelo de gestão do PSDB em Teresina e a administração petista no governo do Estado. O argumento reforça que 2022 está “juntinho” de 2020.

SÓ NO PIAUÍ

Várias prias do Piauí estão interditadas para banho por conta do surgimento de novas manchas de óleo. A secretaria do Meio Ambiente colocou placas anunciando que o local é inapropriado para banho. Só que de acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros de Parnaíba as placas foram roubadas. Quem revogou a interdição?

ALÉM DA QUEDA, O COICE

E aquela proposta do ministro Paulo Guedes de taxar em 7,5% o seguro-desemprego. Quer dizer, o cidadão está desempregado, vai receber um "dinheirinho" para terminar de pagar as contas e comprar o pão de cada dia enquanto arruma uma nova colocação, caso o Congresso aprove, vai receber com esse desconto. E as grandes fortunas? Não são taxadas por que?

DIRETO DE WASHINGTON I

Durante minhas incursões em busca de bons conteúdos na internet, assisti uma entrevista de Washington Olivetto, um dos maiores publicitários do mundo e separei uma frase curta e direta.

“Não existe nada demais em ser competente e vaidoso. O problema é ser incompetente e vaidoso”.

DIRETO DE WASHINGTON II

Um dos maiores publicitários do mundo disse como é sua relação com seus colaboradores.

“A minha função é saber contratar, ter a capacidade de julgar, melhorar trabalhos que possam ser melhorados, não mexer em trabalhos que são bons, eu não posso competir com minha equipe e que saiba, de vem em quando, fazer umas mágicas para que meus funcionários tenham orgulho de dizer que trabalham comigo”.


FOTO DO DIA

Governador Wellington Dias com empresários franceses


FALA, PEDRO

nossas redes sociais