PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

IBOPE: Para onde vão os votos de outros candidatos neste 2º turno

Os números são diferentes do primeiro turno onde o petista era o preferido da grande maioria dos eleitores dos principais candidatos nos cenários de segundo turno

Por EDITORIA DE POLÍTICA
17/10/2018, às 11:10 - Atualizado em 18/10/2018, às 12:10

Como os números mostravam que a eleição presidencial seria decidida em dois turnos, as pesquisas realizadas no 1º turno faziam simulações de para o 2º turno. Os cenários eram montados com os cinco principais candidatos.

Outro recorte importante era como votaria o eleitor de um candidato que não estaria no 2º turno. Quando disputavam Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, a maioria dos que votavam em Ciro Gomes (PDT), Gerado Alckmin (PSDB) e Marina Silva (REDE) migrava para o candidato petista.

Na pesquisa IBOPE realizada entre os dias 16 e 18 de setembro, com 2.506 eleitores em 177 municípios em todo o Brasil, Cerca de 63% dos eleitores de Ciro Gomes votariam em Haddad no 2º turno e 23% em Bolsonaro. 48% dos votos de Alckmin seriam transferidos para o petista e 33% para o candidato do PSL. Já 59% dos votos de Marina Silva iriam para Haddad e 33% para Bolsonaro. Na soma dos outros candidatos, o cenário era mais equilibrado, 43% dos votos migrariam para Fernando Haddad e 40% para Jair Bolsonaro. Na pesquisa mais recente, o quadro é completamente diferente.

Haddad continua sendo o preferido da maioria dos eleitores de Ciro Gomes. São 58% que votariam no petista, 19% em Bolsonaro, 19% branco ou nulo e 4% não sabe ou não respondeu.

Com o restante dos candidatos, a preferência agora é para o candidato do PSL. 60% dos eleitores de Geraldo Alckmin votariam em Bolsonaro, 28% para Haddad, 8% branco ou nulo e 4% não sabe ou não respondeu.

Entre os eleitores dos outros candidatos, 54% votariam em Jair Bolsonaro, 23% em Fernando Haddad, 19% branco ou nulo e 5% não sabe ou não respondeu.

Já no grupo que não votou, optou pelo voto branco ou nulo e aqueles que não souberam ou não responderam, 30% votariam em Bolsonaro, 24% em Haddad, 36% seriam de brancos ou nulos e 10% não souberam ou não responderam.

Bolsonaro e Haddad / Foto: UOL

FICHA TÉCNICA DA PESQUISA DO 1º TURNO


  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2506 eleitores em 176 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita: 16 e 18 de setembro
  • Registro no TSE: BR-09678/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e "O Estado de S.Paulo"
  • O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

FICHA TÉCNICA DA PESQUISA DO 2º TURNO

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2506 eleitores em 176 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita: 13 e 14 de outubro
  • Registro no TSE: BR‐01112/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e "O Estado de S.Paulo"
  • O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.


nossas redes sociais

vídeos mais vistos