PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Não vai ser fácil superar a crise. Todos estão no mesmo barco

Recentemente, o presidente Bolsonaro criou um grupo interministerial para tratar apenas das necessidades do Nordeste

Por EDITORIA DE POLÍTICA
12/01/2019, às 09:01 - Atualizado em 12/01/2019, às 13:01

A proposta de reforma administrativa foi concluída. Está na mesa do governador. Ainda não se tem exatamente a configuração da máquina estatal mas a base do que foi apresentado é a fusão de secretarias e extinção de coordenadorias. A ordem é economizar e fazer mais com menos.

Outros passos serão dados com o objetivo de cortar gastos. Cada centavo para custeio será rigorosamente fiscalizado. A meta é o pagamento do funcionalismo e conseguir o máximo de recursos para investimentos. Inicialmente, até que sobre dinheiro em caixa, obras apenas com dinheiro de emendas parlamentares, dinheiro federal ou recursos dos empréstimos.

Ainda não se sabe como o governo de Jair Bolsonaro, que também não está com a vida fácil, vai ajudar os estados. O problema não é só limitação financeira, a maioria dos governadores enfrenta uma crise fiscal sem precedentes, muitos sem condições até de honrar o pagamento dos servidores. Além disso, tem o problema da violência, que também precisa ser equacionado sob pena do caos vivido pelo Ceará chegue ao restante do país.

Recentemente, o presidente Bolsonaro criou um grupo interministerial para tratar apenas das necessidades do Nordeste. Uma estratégia que também tem o objetivo de fortalecer politicamente o presidente da República na região onde ele foi duramente derrotado. Na verdade, pouco importa a questão política, o que interessa, neste momento, é uma união de todos os gestores em busca de soluções para superar a crise antes que não se tenha mais nada a fazer.

RUMO A ISRAEL

O governador Wellington Dias já enviou para a Assembleia legislativa o pedido de autorização para se ausentar do Piauí durante duas semanas. Ele e a família viajam para Israel de férias.

Governador Wellington Dias

CANETA SECA

A vice-governadora, adiou uma cirurgia marcada para assumir o governo do Estado. Regina Sousa já disse que a caneta não tem tinta e que o sistema (SIAFEM – Sistema Integrado de Administração Financeira para Estado e Municípios) está fechado.

Vice-governadora Regina Sousa

POR FALAR NISSO

Regina já disse que nos próximos quatro anos cada gestor terá que, além de cumprir metas, economizar tudo que for possível. Segundo ela, qualquer quantia economizada vai ajudar.

Regina assume o governo do Piauí pela primeira vez

CONTINUA O MISTÉRIO

Ainda não se sabe como os quatro deputados de oposição votarão para presidente da Assembleia Legislativa. Marden, Gustavo, Evaldo e Teresa vão votar em bloco mas ainda não decidiram nada.

Deputado Marden Menezes

PDT SÓ OBSERVA

O Deputado Federal Flávio Nogueira declarou que seu o PDT também não tem candidato. Experiente e observador da cena política ele disse que o partido só tem um voto mas que em uma disputa, um vale por dez.

Deputado Flávio Nogueira / Foto: GP1

nossas redes sociais