PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

O PTB segue seu caminho de indefinições para as eleições 2018

Será que o presidente estadual do partido tomou essa posição com o aval dos parlamentares do PTB ou foi uma decisão unilateral?

Por EDITORIA DE POLÍTICA
12/06/2018, às 11:06 - Atualizado em 12/06/2018, às 11:06

Foi uma longa espera até o ex-senador João Vicente Claudino decidisse que não seria candidato nas próximas eleições. A possibilidade de JVC concorrer pela oposição, deixou os deputados os deputados estaduais petebistas preocupados. Afinal, eles já haviam declarado apoio a reeleição de Wellington Dias. Com João Vicente, candidato a governador, a aliança era impossível e os parlamentares poderiam embarcar na candidatura do partido ou correr por fora, sem palanque, apoiando o atual governador. Mas, esse é um capítulo que faz parte do passado.

Agora, surge um fato novo. O presidente estadual da sigla, Deputado Federal Paes Landim. Primeiro, disse que iria consultar as base para decidir os rumos do partido. Logo em seguida, diz que o partido pode sair da base do governo caso a Deputada Estadual Janaínna Marques não seja a vice de Wellington. Será que Paes Landim tomou essa posição com o aval dos parlamentares do PTB ou foi uma decisão unilateral?

Deputado Federal Paes Landim com o governador Wellington Dias

É bem verdade que alguns deputados levantaram essa hipótese e também apresentam como segunda opção, uma vaga na chapa majoritária. Mas em nenhum momento isso foi colocado como condição para os parlamentares permanecerem na base.

Caso a declaração de Paes Landim seja uma posição partidária, significa que a base governista tem mais um componente nessa acirrada disputa pela definição dos nomes que vão compor as vagas majoritárias. Não sendo, é mais um problema para os que defendem o apoio a reeleição do governador. 

nossas redes sociais

vídeos mais vistos