PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

REALTIME/BIG DATA: A análise dos números para o Senado Federal

A disputa mais forte estaria no segundo voto entre Wilson Martins (29%), Marcelo Castro (16%), Frank Aguiar (15%) e Robert Rios (12%)

Por EDITORIA DE POLÍTICA
27/09/2018, às 16:09

Nesta reta final de campanha o eleitorado piauiense mostra estar mais definido em relação aos candidatos ao Senado. Pelo menos esta é a análise a pesquisa RealTime Big Data/Record divulgada nesta terça-feira (25/09) na TV Antena 10.

Para Bruno Soller, cientista político e coordenador do Instituto Real Time Big Data, o primeiro voto para o Senado denota uma certa preferência do eleitorado por Ciro Nogueira (PROGRESSISTAS), com 31% das intenções de voto. Neste caso, a justificativa é que o Piauí possui um baixo índice de indecisos se comparado com outros Estados, em torno de 15%, que seguem a tendência de migrar para o primeiro voto. No entanto, a disputa mais forte estaria no segundo voto entre Wilson Martins (29%), Marcelo Castro (16%), Frank Aguiar (15%) e Robert Rios (12%).

Os primeiros colocados na pesquisa / Fotos: GP1

Dois fatores podem mudar esta configuração. Um deles é o trabalho dos candidatos ao Governo. Neste caso, observa-se que Frank Aguiar cola em Dr Pessoa, mas parece ainda não colher a preferência do eleitor simpatizante ou com voto consolidado no candidato do Solidariedade. Para Soller, o cantor já teria batido no teto do apoio popular.

Robert Rios faz uma campanha forte e combativa na propaganda eleitoral gratuita e nas redes sociais. Concentra a campanha em Teresina e na região metropolitana. Por vezes aparece ao lado do candidato ao Governo da coligação, Luciano Nunes (PSDB) e de Wilson Martins. A tendência é receber apoio espontâneo, mas difícil mensurar esse impacto na disputa e por isso não se descarta sua chegada na reta final.

Já Marcelo Castro passou a estar presente na capital e no interior ao lado de Wellington Dias (PT) e do próprio Ciro Nogueira, ambos empenhados em transferir o apoio já consolidado. O candidato faz um discurso mais proativo e propositivo com foco na saúde. Cola sua imagem a Lula que, no Piauí, mostra força e ajuda a fortalecer as candidaturas da base aliada. O emedebista saiu de um quarto lugar na pesquisa Ibope de agosto (17%) tomando a vaga de Frank Aguiar (21%). É uma ameaça real a Wilson Martins no segundo voto.

Já o ex-governador Wilson Martins oscila entre primeiro e segundo lugar nas últimas pesquisas. Leva consigo o fato de ter comandado o Estado, mas como ele mesmo diz, não tem estrutura e conta com votos do sentimento do eleitor. Faz um discurso anticorrupção e voltado para ações do seu mandato. É  hoje o nome forte para o Senado, mas terá que ter fôlego para se manter na preferência dos indecisos nesta reta final.

Outro ponto fundamental que pode mudar esse quadro é a força de lideranças locais. Em Parnaíba e Piripiri, municípios com prefeitos de oposição e onde estão grande parte dos indecisos. É um campo aberto para todos os candidatos, uma vez que o trabalho dos gestores e seus apoiadores, de acordo com Bruno Soller, ainda não capitalizou votos suficientes para seus candidatos.

COMENTÁRIO DE BRUNO SOLLER, CIENTISTA POLÍTICO DO REALTIME/BIG DATA

FICHA TÉCNICA

A pesquisa RealTime Big Data/Record TV foi realizada de 21 e 22 de Setembro de 2018 com uma amostragem de 1.100 entrevistados. A margem de erro é de 3,0 pontos para mais ou para menos e um nível de confiança de 95%. O registro na justiça eleitoral é: PI-08071-2018.

nossas redes sociais

vídeos mais vistos