PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Sílvio candidato, Marden está dentro, caso contrário, vai pensar

Firmino ainda não se decidiu e só vai bater o martelo entre março e abril, prazo estabelecido para definir o nome que vai representar a atual gestão

Por EDITORIA DE POLÍTICA
14/02/2020, às 12:00 - Atualizado em 15/02/2020, às 15:59

O deputado estadual Marden Menezes não esconde que é um tucano independente. É o único parlamentar do partido na Assembleia Legislativa, integra o bloco de oposição ao governador Wellington Dias e não possui nenhuma indicação na equipe do prefeito Firmino Filho.

Sobre a sucessão em Teresina, Marden defende abertamente a indicação de Sílvio Mendes como candidato a prefeito da capital. Segundo ele, é o nome que possui todos os requisitos para vencer a disputa eleitoral e fazer uma administração equilibrada e atender as expectativas dos teresinenses.

Firmino ainda não se decidiu e só vai bater o martelo entre março e abril, prazo estabelecido para definir o nome que vai representar a atual gestão nas eleições deste ano.

Sendo Sílvio o candidato, Marden Menezes disse que vai participar da linha de frente da campanha, mas se for outro nome, ele disse que se sente livre para tomar qualquer decisão.

É mais um capítulo da novela envolvendo a escolha do candidato do PSDB que ainda vai demorar para conhecermos o capítulo final.

Deputado Estadual Marden Menezes


PASSANDO A RÉGUA

ME CHAMA QUE EU VOU

Aliás, parte do PSDB acredita que o Dr. Pessoa abre mão da pré-candidatura pelo MDB para ser vice de Sílvio Mendes. Só esperaria um chamado.

VICE CARECA

Essa é uma das apostas do SOLIDARIEDADE. Ter o jornalista Arnaldo Ribeiro como opção para vice do candidato a Prefeito indicado por Firmino Filho.

A PORTAS FECHADAS

Nesta sexta-feira, o governador Wellington Dias faz sua primeira reunião geral com todo o secretariado. O objetivo é alinhara as ações para este ano. As eleições também devem fazer parte da pauta.

UMA COISA É UMA COISA, OUTRA COISA É OUTRA COISA

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, voltou a fazer duras críticas ao Partido dos Trabalhadores. Só que em relação ao governador Wellington Dias ele pupou as críticas e disse que o petista é sempre solícito quando ele precisa.

LONGE DA UNANIMIDADE

A recusa do PT de Teresina em receber Marquinhos Monteiro desagradou uma ala importante do partido. A família já havia decidido que migraria para o partido e o presidente estadual da sigla, deputado federal Assis Carvalho tinha anunciado a filiação em massa. Vamos acompanhar como fica essa novela.

COM DESTINO CERTO

Já a viúva de Fernando Monteiro, Fabiana Monteiro, está longe dessa polêmica e já decidiu que vai se filiar ao MDB. Ela vai disputar uma vaga na Câmara Municipal de Teresina.


FOTOJORNALISMO


FALA, PEDRO


CONEXÃO POLÍTICA

nossas redes sociais