PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Uma análise das quatro últimas pesquisas para o governo do Estado

É possível apontar em números absolutos, que os candidatos oposicionistas apresentam um viés de alta, quando consideramos os quatro últimos levantamentos

Por EDITORIA DE POLÍTICA
15/09/2018, às 15:09

A pesquisa realizada pelo Instituto Credibilidade, encomendada pela Rádio Teresina FM, mostrou que a disputa pelo governo do Estado está mais acirrada.

Considerando as três últimas pesquisas, o governador Wellington Dias voltou ao patamar dos 37% registrado no início de setembro. O candidato Dr. Pessoa, teve seu melhor desempenho na pesquisa AZ, quando chegou a 16,16% e agora voltou também ao que tinha no início com 12,48%. Já Luciano Nunes que tinha 10,35% no levantamento do Opinar, caiu para um dígito nas duas pesquisas seguintes, agora saltou para 12,11%. Elmano Férrer, também registrou uma leve alta de 3,97% no Opinar para 4,34% no Credibilidade.

Com isso, é possível apontar em números absolutos, que os candidatos oposicionistas apresentam um viés de alta, quando consideramos os quatro últimos levantamentos.

Primeiros colocados na pesquisa do Instituto Credibilidade / Fotos: GP1

AS QUATRO ÚLTIMAS PESQUISAS

O Instituto Opinar, divulgada em 05 de setembro na TV Cidade Verde, onde W. Dias apareceu com 37,15%, Dr. Pessoa 13,59%, Luciano Nunes com 10,35% e Elmano Férrer com 3,97%. O Opinar fez seu levantamento entre os dias 30 de agosto a 02 de setembro.

A diferença do percentual do primeiro colocado para os demais foi de 8,13%.

Os indecisos somaram 20,43% e 13,22% disseram que votariam em branco, nulo ou em nenhum candidato.

Na pesquisa do Instituto Amostragem, divulgada pelo Sistema Meio Norte de Comunicação, Wellington aparece com 40,19% dos votos, Dr. Pessoa com 12,66%, Luciano Nunes com 8,88% e Elmano Férrer com 3,43%. A pesquisa foi realizada entre os dias 01 e 04 de setembro.

Neste caso, os opositores ao atual governador somaram 28,68%, ou seja, 11,51% a menos que o primeiro colocado.

Os eleitores que não souberam responder ou não quiseram opinar eram 16,71% e aqueles que não votariam em branco, nulo ou nenhum dos candidatos somavam 14,42%.

O instituto Data AZ, do Portal AZ, realizada em seguida, entre os dias 04 e 07 de setembro, trouxe o atual governador com 41,12% das intenções de voto. Dr. Pessoa com 16,16%, Luciano Nunes com 9,20% e Elmano Férrer com 2,72%.

Somados, os opositores de Wellington Dias tinham 31,26% das intenções de voto, 9,86% a menos que o candidato petista.

Os eleitores que não souberam ou não quiseram responder eram 13,92% e aqueles que não votariam em branco, nulo ou nenhum dos candidatos somavam 13,60%.

Basicamente, considerando a margem de erro dos dois levantamentos, podemos afirmar que os cenários são praticamente iguais.

Na mais recente pesquisa, Teresina FM/Instituto Credibilidade, 37,25% dos eleitores responderam que votariam em Wellington Dias. 12.48% votariam em Dr. Pessoa. 12,11% votariam em Luciano Nunes (PSDB) e 4,34% votariam em Elmano Férrer.

Os outros candidatos aparecem abaixo de 1% das intenções de votos. Valter Alencar teve 0,65% das intenções de votos. Lourdes Melo obteve 0,28%, Fábio Sérvio teve 0,18% das intenções de votos, o mesmo percentual de Romualdo Seno e Sueli Rodrigues, que teve 0,09% de intenções de votos.

Nesse cenário, Wellington ganharia no primeiro turno, já que soma do percentual de intenção de votos de todos os adversários dá 31,31%. A diferença é de 5,94%.

Não sabe e nem respondeu em quem votaria foram 32,44% dos entrevistados.

Considerando a margem de erro, que é de 3%, a diferença entre Wellington Dias e os outros candidatos está no limite do necessário para uma vitória ainda no primeiro turno e próxima de um segundo turno.

FICHA TÉCNICA / INSTITUTO OPINAR

A pesquisa foi realizada entre os dias 30 de agosto a 2 de setembro. O instituto entrevistou 1.082 eleitores no Piauí em 59 municípios. O levantamento está registrado no TSE com o número PI 08793/2018. A margem de erro é para 2,97 para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

FICHA TÉCNICA / INSTITUTO AMOSTRAGEM

A pesquisa foi realizada entre os dias 01 e 04 de setembro. O instituto entrevistou 1.137 eleitores no Piauí em 47 municípios. O levantamento está registrado no TSE com o número PI 05933/2018. A margem de erro é de 2,85% para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

FICHA TÉCNICA / INSTITUTO DATA AZ

A pesquisa foi realizada entre os dias 04 e 07 de setembro. O instituto entrevistou 1.250 eleitores no Piauí em 65 municípios. O levantamento está registrado no TSE com o número PI 01330/2018. A margem de erro é de 2,77% para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

FICHA TÉCNICA / INSTITUTO CREDIBILIDADE

A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 14 de setembro. O instituto entrevistou eleitores no Piauí com 16 anos ou mais em 80 municípios. Olevantamento está registrado no TSE com o número PI 05300/2018. A margem de erro é de 3,00% para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

nossas redes sociais