Fim da superintendência do Banco do Brasil no Piauí. Por que?

Mesmo sem informar oficialmente o lucro que obteve no Piauí, o Banco do Brasil já registra um aumento bem maior que no ano passado, segundo o Sindicato dos Bancários

Por Wesslley Sales
31/07/2019, às 14:00 - Atualizado em 31/07/2019, às 16:45

“A Superintendência do Piauí será unificada com a do Maranhão, mantendo a sede em São Luís. Foram considerados aspectos negociais, bem como a proximidade geográfica. Importante ressaltar que não haverá impacto para o atendimento aos clientes do BB e que em todas as capitais será mantida a relação institucional com os estados através das Superintendências Comerciais”.

Este é o conteúdo do email enviado pela assessoria de comunicação do Banco do Brasil, em Brasília, a esta reportagem sobre o pedido de informações da retirada da Superintendência do BB do Piauí para o Maranhão. Mas, insistimos e voltamos a questionar, também via email, sobre quais “aspectos negociais” foram determinantes para esta mudança. A resposta é no mínimo abstrata.

“O BB está em período de silêncio e não passa essas informações. Atenciosamente, Unidade Assessoria de Imprensa - Brasília DF”, diz o email.

Para o Sindicato dos Bancários no Piauí é quase impossível reverter esta mudança da Superintendência para São Luiz. O processo de privatização do Banco do Brasil passaria também por esta e outras ações para fragilizar a instituição, como o fechamento de agências e a transformação em postos de atendimento, além da demissão de funcionários através do chamado PDV-Programa de Desligamento Voluntário. Dias 1 e 2 de agosto os bancários se reúnem em São Paulo para definir as estratégias para evitar mais perdas.

Mesmo sem informar oficialmente o lucro que obteve no Piauí, o Banco do Brasil já registra um aumento bem maior que no ano passado, segundo o Sindicato dos Bancários. Entre as carteiras, o BB possui a do próprio Governo do Estado, uma movimentação em torno de R$ 395 milhões mensais.

Mesmo com o fortalecimento do atendimento por aplicativos, com o fechamento de agências e o aumento dos postos de atendimentos perdem os servidores, mas principalmente os usuários que vão ter que enfrentar ainda mais filas e dificuldades para resolver seus problemas junto ao BB.

A Superintendência do Piauí será unificada com a do Maranhão

nossas redes sociais