PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Para onde pende a balança do ex-prefeito Sílvio Mendes em 2020?

De certo, é que o nome de Sílvio Mendes agradaria os tucanos, desde que ele esteja no PSDB. Cairia no gosto do PROGRESSISTAS, logicamente permanecendo onde está

Por Wesslley Sales
07/01/2020, às 10:00 - Atualizado em 07/01/2020, às 04:05

A possibilidade do médico Sílvio Mendes (Sem Partido) disputar a eleição para Prefeito de Teresina aumentou consideravelmente após a insinuação de apoio do ex-senador João Vicente Claudino. A dúvida é, se ele topar a empreitada seria por qual partido? Bom, essa é uma resposta não tão fácil de cravar. Vamos aos fatos.

Sílvio Mendes foi prefeito de Teresina pelo PSDB em dois momentos (janeiro de 2005 a março de 2010). Em fevereiro de 2017 ele deixa o PSDB e filia-se ao PROGRESSISTAS afirmando ser uma “nova oportunidade de fazer política”. Três anos depois, seu nome surge como alternativa para retornar ao Palácio da Cidade como indicação de Firmino Filho.

O primeiro problema é que os tucanos não estão nada interessados em abrir a cabeça de chapa para alguém fora do ninho. E Sílvio, estaria disposto a retornar ao PSDB? Parece pouco provável. Apesar de dizer que não há mágoas, mas sua saída da Fundação Municipal de Saúde tem muitas interrogações a serem respondidas. Nos bastidores o que se sabe é que apesar de não ter problema pessoais com Firmino e outros peessedebistas, administrativamente o ex-prefeito não se sentiria confortável.

Enquanto isso, Sílvio Mendes é cortejado pelo PSD e PTB. Com João Vicente Claudino sonhando com 2022 e o apoio do Governador Wellington Dias para o Karnak ou o Senado, há expectativa que o ex-prefeito filiado seria um nome forte para compor como vice de Fábio Abreu (PL) ou encabeçando a chapa no lugar de Georgiano Neto e, desta forma, tendo como companheiro majoritário um nome da base do Governo.

Mas, pode tudo acontecer e inclusive nada. Sílvio Mendes deu várias declarações sobre seu desgosto à frente do Palácio da Cidade e que não teria interesse em ser candidato. Por outro lado, dizer que não entra na disputa não é certeza, basta ver que seu discurso de 2014 furou e ele foi vice do então candidato Zé Filho ao Governo do Estado.

De certo, é que o nome de Sílvio Mendes agradaria os tucanos, desde que ele esteja no PSDB. Cairia no gosto do PROGRESSISTAS, logicamente permanecendo onde está. No campo do PSD e do PTB seria a filiação sonhada para tornar mais real a façanha de comandar a capital do Piauí. Esperemos o diagnóstico do médico.

Ex-prefeito Silvio Mendes / Foto: Portal GP1

VEJA MATÉRIAS RELACIONADAS

PSD vai fazer convite a Silvio Mendes para se filiar no partido

Com JVC, Silvio Mendes pensa em concorrer a prefeitura de Teresina

Júlio Arcoverde elogia Silvio Mendes; “grande nome para Teresina”

nossas redes sociais