PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Festa comemora 69 anos de emancipação política

As secretarias de Saúde e Assistência promoveram serviços de cidadania, palestras, medição de pressão arterial e capoeira

Por Da Redação
28/08/2017, às 13:08 - Atualizado em 10/09/2017, às 15:09

Na última semana, o município de Cocal comemorou 69 anos de emancipação política com uma programação especial. O dia festivo iniciou às 5h da manhã, com alvorada e queima de fogos. Em seguida, às 7h, em frente à sede da Prefeitura, foram iniciadas as solenidades cívicas, com hasteamento das bandeiras, hino, discursos das autoridades e apresentações dos estudantes cocalenses e do Coral Juvenil da Assistência Social.

Hasteamento de bandeiras

Prefeito Rubens Vieira (PT)

Na ocasião, o prefeito Rubens Vieira falou sobre os avanços que a cidade conquistou nos últimos anos. 

“Hoje, como bem disseram os estudantes em suas apresentações, Cocal vive outra realidade. É uma das cidades que mais crescem no Piauí. O governador Wellington Dias esteve há poucos dias em nosso município e autorizou diversas obras de asfaltamento. E a Prefeitura tem trabalhado muito para deixar uma gestão organizada, com salários em dia, com obras em andamento. Estamos trabalhando pelo progresso e desenvolvimento de Cocal”, diz o gestor.

Apresentações artísticas

O professor e historiador João Passos, que coordena a biblioteca pública municipal de Cocal, ressalta a importância de comemorar o aniversário da cidade. 

"É uma satisfação comemorar os 69 anos de Cocal. Uma cidade jovem, mas que já se destaca no Piauí. Nós, cocalenses, observamos pela história construída e pelo nosso potencial, que vamos crescer ainda mais. Nos últimos anos há um fluxo grande de pessoas de fora querendo conhecer a nossa cidade. Isso é muito importante para a autoestima do nosso povo", lembra.

Talentos do município

Durante a solenidade, o professor fez um resgate do histórico do município. 

"O hino de Cocal foca em Camila Silva como a primeira moradora da região. Na verdade, havia outras famílias e ela, Camila, representa a todos de forma simbólica. Em 1923, aconteceu um fato importante, que foi a construção do prédio da estação ferroviária, que viria a se tornar o principal ponto de comércio da região. Em pouco tempo, vieram muitos comerciantes e formou-se um núcleo, uma vila, que em pouco tempo passou a competir comercialmente com Parnaíba. E foram esses comerciantes que reivindicaram ao governador a emancipação política de Parnaíba. A lei de emancipação foi aprovada em 1947 e um ano depois o município foi instalado solenemente”, frisa o professor.

Alunos do ensino público municipal

A programação festiva de aniversário seguiu à tarde, com apresentações artísticas e culturais, na Praça de Eventos, onde foi realizado o show de humor com Zé Pinguelo e o Delegado. As secretarias de Saúde e Assistência Social também promoveram serviços de cidadania, com palestras, medição de pressão arterial, capoeira e outras atividades.

À noite, houve Missa em Ação de Graças, na Igreja Matriz; concurso de danças e poesias e, fechando a programação, show com as bandas Vinny Play e Forró Xote de Primeira.

nossas redes sociais