Idoso morre carbonizado ao atear fogo em roçado em Cocal-PI

A vitima sempre realizava a queimada e acredita-se que o vento ocasionou a propagação do fogo que se alastrou muito rápido

13 de dezembro de 2019, às 08:35

Prática comum no nordeste, a queima de roçado para preparar o solo para a próxima lavoura fugiu do controle do lavrador Antônio Viriato Rodrigues, de 80 anos, que acabou morrendo carbonizado. O corpo dele foi encontrado no inicio da tarde desta quinta-feira (12/12), no Povoado Santo Hilário, Zona Rural de Cocal, município da região norte do Piauí. 

De acordo com informações colhidas pelo Blog do Coveiro, ao perceber a demora do pai que não retornava do trabalho, um dos filhos da vitima e um amigo da família se dirigiram ao terreno e se depararam com o homem sem vida e com o corpo sendo consumido pelas chamas. 

Ainda conforme relatos, o homem trabalhava sozinho na propriedade quando ocorreu a tragédia. A vitima era acostumada a realizar tal prática e acredita-se que o vento ocasionou a propagação do fogo que se alastrou de forma muito rápido atingindo o idoso, que ainda tentou fugir, mas caiu sem vida encostado em uma cerca.

"Ele era muito conhecido por aqui, é muito triste o que aconteceu. Ele já tinha costume de fazer isso, era um homem trabalhador, mas infelizmente hoje aconteceu isso. Muito, muito triste", lamentou um morador.

A Polícia Civil atendeu a ocorrência, isolou o entorno do sinistro e acionou as equipes do Instituto Médico Legal (IML) e da Perícia Criminal, que após a realização dos trabalhos de praxe removeram o corpo para o posto avançado do IML em Parnaíba-PI.

O idoso trabalhava sozinho na propriedade quando ocorreu a tragédia

Cocal de Telha


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS