HGV recebe primeiros pacientes com suspeita de COVID-19 em Teresina

Os pacientes são um homem de 55 anos, com iniciais N.P.S, e o outro é uma idosa, de iniciais R.T.N, 67 anos

Por Fátima Oliveira
05/04/2020, às 09:30 - Atualizado em 12/04/2020, às 22:50

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) recebeu os primeiros pacientes com suspeitas da COVID-19. O diretor-geral do HGV, Gilberto Albuquerque, disse que são pacientes graves e se encontram na UTI. O hospital disponibilizou para a Central de Regulação do Estado 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva e está preparando mais 20 leitos, num total de 40 leitos, para tratamento da COVID-19.

Gilberto Albuquerque explica que o HGV está sendo estruturado pela Secretaria de Estado da Saúde e Fundação Hospitalar do Piauí para receber os pacientes com suspeita ou confirmados da COVID-19. 

“O HGV está dando sua contribuição para a sociedade com a liberação, inicialmente, de 20 leitos de UTI para a Regulação do Estado. Os primeiros pacientes começaram a chegar e temos estrutura física pronta para mais 20 leitos, aguardando equipamentos que devem chegar ainda esta semana”, explica o diretor-geral.

Ele acrescentou também que já estão prontos 35 leitos clínicos para receber pacientes da COVID-19 que não precisam de UTI.

Os pacientes encaminhados para o HGV são um homem de 55 anos, com iniciais N.P.S, e o outro é uma idosa, de iniciais R.T.N,  67 anos.

Segundo o coordenador das UTIs do HGV, Caubi Medeiros, o paciente de iniciais N.P.S é proveniente do município de José de Freitas e a idosa R.T.N veio para o HGV por meio da Regulação do Estado do Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

UTIs do Hospital Getúlio Vargas

nossas redes sociais