Quem vende mais caro e mais barato? Conheça os supermercados

O consumidor também pode acompanhar a variação de preços do varejo através do aplicativo Menor Preço Brasil

Por Tarcio Cruz
19/05/2020, às 16:00 - Atualizado em 24/05/2020, às 03:28

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON), em parceria com o Procon Municipal de Teresina divulgou uma tabela com preços de itens da cesta básica nas maiores redes de supermercados da capital. A medida faz parte de processo administrativo a fim de acompanhar as variações de preços dos itens e, também, oferecer ao consumidor a informação.

Dessa forma, evita-se a pesquisa presencial de preços por parte dos consumidores para evitar possíveis aglomerações. Ao mesmo tempo, essa é uma tentativa dos Procons estadual e municipal de de prevenir práticas abusivas com relação a aumentos injustificados.

O coordenador do Procon MPPI, Promotor de Justiça Nivaldo Ribeiro, informa que o órgão coibirá tais práticas através da fiscalização. 

“O Procon continuará acompanhando os preços e aplicará multas a estabelecimentos que cometerem abusos, de forma que ninguém fique prejudicado”, pontua o coordenador.

As pesquisas de preço terão caráter cíclico, sendo publicadas periodicamente. O consumidor também pode acompanhar a variação de preços do varejo através do aplicativo Menor Preço Brasil, desenvolvido pela Receita Estadual do Rio Grande do Sul e abrange diversos Estados da Federação, sendo adotado oficialmente pela Secretaria de fazenda do Piauí.

nossas redes sociais