Rede de Controle do Piauí realiza blitz sobre o combate a corrupção

Para o sucesso dessa estratégia, os trabalhos são guiados por princípios que viabilizam a ampla participação das redes de controle em todos os estados

08 de dezembro de 2019, às 11:00

A fim de conscientizar a população sobre a importância da sua participação no combate à corrupção, as entidades que compõem a Rede de Controle do Piauí realizarão atos em prol do Dia Internacional contra a Corrupção no próximo dia 9 de dezembro, que é a data em que diversos países costumam dar destaque ao tema todos os anos.

O primeiro ato será a realização de uma blitz educativa, auxiliada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que terá início às 07h00 em frente ao Ministério Público Federal (MPF), sediado na Zona Leste em Teresina, para a entrega à população de material intitulado “Prevenir e combater a corrupção é missão de todos”. Paralelamente, outros postos da PRF fixados nas cidades piauienses de Parnaíba, Floriano, Picos, Valença, Alegrete, Bom Jesus, Campo Maior e Piripiri também serão incluídos nas abordagens para a entrega do material.

Logo após a blitz educativa, membros das instituições integrantes da Rede de Controle do Piauí permanecerão reunidos na sede do MPF em coletiva de imprensa, a partir das 09h00, para prestar contas à sociedade piauiense sobre as ações de combate à corrupção realizadas no estado pela Rede e para apresentar a Estratégia Nacional de Prevenção à Fraude e à Corrupção, iniciativa realizada em conjunto para promover e fortalecer medidas que previnem e combatem a corrupção de forma mais eficaz e eficiente.

A ideia da estratégia nacional surgiu após a divulgação de ranking da corrupção do Fórum Econômico Mundial de 2017, no qual o Brasil foi classificado como o quarto país mais corrupto do mundo, e de índice de percepção da corrupção da Transparência Internacional, que trouxe o Brasil na 105ª posição entre 180 países.

O projeto tem como principal objetivo mobilizar as instituições de controle, suas redes constituídas e gestores públicos em todo o país para que as entidades públicas brasileiras tenham níveis de ocorrência de fraude e corrupção compatíveis com os de países desenvolvidos. Para o sucesso dessa estratégia, os trabalhos são guiados por princípios que viabilizam a ampla participação das redes de controle em todos os estados, dos parceiros e, especialmente, dos gestores públicos. Também participará da ação a Polícia Federal (PF).

O evento terá início em frente ao Ministério Público Federal (MPF-PI)

ÓRGÃOS QUE INTEGRAM A REDE DE CONTROLE DO PIAUÍ

  • Advocacia-Geral da União (AGU)
  • Controladoria-Geral da União (CGU)
  • Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE)
  • Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Piauí
  • Polícia Civil do Estado do Piauí (PC/PI)
  • Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus)
  • Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI)
  • Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE/PI)
  • Ministério Público de Contas do Piauí (MPC/PI)
  • Tribunal de Contas da União (TCU)
  • Polícia Rodoviária Federal (PRF)
  • Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE/PI)
  • Ministério Público Federal (MPF)
  • Receita Federal do Brasil (RFB)

Municípios


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS