Repórter da TV Clube, Kairo Amaral, morre vítima de câncer no PI

Ele descobriu a doença em junho do ano passado após sentir nódulos no pulso, cotovelo e axila, todos no braço esquerdo

17 de setembro de 2020, às 11:53 | Ravi Marques

Morreu na madrugada desta quinta-feira (17/09) o correspondente da TV Clube em Parnaíba, litoral piauiense, Kairo Amaral. O repórter lutava contra um câncer no braço, mas o tratamento afetou o coração e os rins de Kairo. O velório acontece em uma funerária na cidade parnaibana e o sepultamento está previsto para às 16h de hoje.

Kairo intercalava o tratamento entre Parnaíba e Teresina. O rapaz chegou a anunciar que o câncer estava controlado após um longo tratamento, mas as sessões de quimioterapia e radioterapia afetaram o coração de Kairo, que começou a atrofiar. O repórter tinha rhabdomyosarcoma alveolar, um tipo de câncer que surge de células que desenvolvem os músculos estriados da musculatura esquelética e, geralmente, atinge pessoas jovens. O tumor maligno faz parte do grupo de sarcomas de partes moles. Ele descobriu a doença em junho do ano passado após sentir nódulos no pulso, cotovelo e axila, todos no braço esquerdo. Durante o tratamento, ele foi submetido a sessões de quimioterapia e radioterapia.

Um familiar de Kairo informou que o rapaz estava debilitado, fazendo hemodiálise após ficar sem urinar por 20 dias. O jornalista iniciou na profissão aos 16 anos com um tio em uma rádio comunitária. Em 2013, trabalhou na TV Costa Norte, afiliada da TV Cultura no Piauí, depois fez reportagens na TV Meio Norte e atualmente estava na TV Clube, afiliada da Globo no Piauí. Amigos e familiares lamentaram a morte do jovem repórter, que tinha 24 anos.

Jornalista Kairo Amaral

NOTA DO DIRETOR DE JORNALISMO DA TV CLUBE, CLAUDINEI MOREIRA

"Kairo Amaral Rezende tinha 24 anos. Com um talento especial para contar histórias começou a trabalhar na TV Clube no dia 16 de abril de 2018. Era o correspondente da TV Clube em Parnaíba. E de lá mostrou histórias do povo, defendeu direitos dos cidadãos e apareceu para o Piauí e para o Brasil em entradas em telejornais da TV Globo. Em agosto de 2019 recebeu o diagnóstico de que estava com uma espécie rara de câncer. O rhabdomyosarcoma alveolar. Foi quando se afastou das atividades na TV para se tratar. Fez quimioterapia e radioterapia. Em algumas situações precisou ser transferido de Parnaíba para Teresina para ficar em tratamento na unidade de terapia intensiva. Vinha rotineiramente a Teresina para fazer primeiramente as sessões de quimioterapia e depois de radioterapia. Até que a doença foi dada como controlada. Só que esse tratamento afetou o coração do Kairo que começou a hipertrofiar. Além disso, o rim e o pulmão também foram afetados. Em algumas situações ele precisou fazer diálise. Neste ano o câncer voltou e os médicos planejaram uma quimioterapia mais leve, que não afetasse tanto o coração. Seriam três sessões apenas. Mas ele só chegou a fazer duas. O coração inchou muito, ficou lento. Era como se aos 24 anos o Kairo tivesse o coração de uma pessoa de noventa. Há alguns meses teve o exame positivo para COVID-19. Mas, já estava curado. Na madrugada de hoje Kairo faleceu de infarto. Jovem, talentoso, e com uma energia quem que envolvia toda a equipe que trabalhava com ele. À família do Kairo, a família TV Clube só tem a agradecer pelo convívio curto, mas intenso e de muito aprendizado".


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS