Trecho da Av. Centenário será interditado para esgotamento

São R$ 23 milhões de investimentos. As obras irão beneficiar diretamente 13 mil teresinense apenas nessa primeira etapa

11 de outubro de 2021, às 17:30 | Editoria de Municípios

As obras de esgotamento sanitário estão a todo vapor pela zona norte da capital e irão beneficiar diretamente 13 mil teresinense nessa primeira etapa. Para viabilizar a implantação da nova rede, será necessária a interdição temporária de um trecho na Avenida Centenário, Bairro Aeroporto, de quarta-feira (13/10) à segunda-feira (18/10). A Águas de Teresina está investindo R$ 23 milhões nesse pacote de obras na região do Lagoas do Norte, com previsão de entrega no primeiro semestre de 2022.

O trecho da Avenida Centenário que ficará temporariamente interditado em razão dos trabalhos será no sentido Norte-Sul, entre as ruas Território Fernando de Noronha e Gonçalves Lêdo, nas proximidades da Praça Graça Leocádia. Os trabalhos são executados com o propósito de causar o mínimo de impacto possível no tráfego de veículos da região. Todos os trechos serão devidamente sinalizados.

“Estamos avançando com as obras nessa região da cidade e, em alguns momentos, intervenções como essas serão necessárias para viabilizar a execução do projeto. São desconfortos momentâneos, porém, os benefícios que as obras de esgotamento sanitário trazem para cidade são duradouros e refletem direta e significativamente na qualidade de vida e saúde das pessoas”, diz Cassiano Costa, gerente de Engenharia da Água de Teresina.

Orientações de percurso - Nesse período, o motorista que irá transitar no sentido Norte-Sul deverá seguir na avenida Centenário até a Rua Gonçalves Lêdo, onde irá fazer uma leve curva à esquerda, seguirá pela faixa contrária da avenida até a Rua Território Fernando de Noronha e fará uma leve curva à direita para seguir o fluxo normal. Já o condutor que que irá transitar no sentido Sul-Norte, deverá fazer a conversão à direita na rua Território Fernando de Noronha, e uma nova conversão à esquerda na Rua Coelho de Resende, de onde seguirá até reencontrar a Avenida Centenário.

Até o momento já foram investidos R$ 15 milhões na ampliação da cobertura de esgotos na capital. A Estação Elevatória de Esgoto Aeroporto está com 60% dos trabalhos executados e a Estação Elevatória de Esgoto Castelo do Piauí está com 40%. Já foram implantados 2.600 metros de rede de recalque, o que representa 60% do total a ser executado. Ao longo de todo o contrato de subconcessão, a Águas de Teresina investirá o total de R$ 1,7 bilhão. Deste montante, 80% será para a ampliação do serviço de esgotamento.

Em quatro anos, Teresina já evoluiu sua cobertura de esgoto de 19% para 35,65%. A expectativa da empresa é encerrar o ano de 2021 com 40%.