Vacinação contra gripe tem suspensão provisória em Teresina

Foram aplicadas 65 mil doses de vacina contra gripe em idosos e trabalhadores de saúde, somente nos dois primeiros dias

Por Redação
25/03/2020, às 09:00 - Atualizado em 25/03/2020, às 11:47

A partir desta quarta-feira (25/03) a Campanha de Vacinação contra Influenza/Gripe está suspensa em Teresina em decorrência do desabastecimento de doses por parte do Ministério da Saúde. O Governo Federal é responsável pelo envio das vacinas ao Governo do Estado do Piauí, que, por sua vez, encaminha para Teresina.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) esclarece à população que a suspensão das vacinas é temporária e que está aguardando a reposição para abastecimento nos postos.

Em Teresina, foram aplicadas 65 mil doses de vacina contra gripe em idosos e trabalhadores de saúde, somente nos dois primeiros dias da Campanha deste ano. 

“Devido à grande procura, o município não tem mais doses. Quando recebermos nova remessa, iremos divulgar amplamente na imprensa e nas redes sociais, para que a população-alvo se dirija aos postos”, explica  a diretora de vigilância em saúde da FMS, Amariles Borba.

A vacina não protege a pessoa contra o novo Coronavírus e sim contra a Influenza, doença respiratória infecciosa cuja origem é viral. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos ou nariz.

"Nós reconhecemos  a importância da vacina na proteção à saúde, mas pedimos a compreensão da população de que há um trâmite por trás de todo o fornecimento, para assegurar a segurança e a qualidade do material. O Governo Federal adquire as vacinas, distribui para o Governo do Estado do Piauí, que envia para a FMS. Logo, a vacina estará à disposição da população”, afirma o presidente da FMS, Manoel Moura Neto.

Suspensão temporária / Foto: Portal GP1

nossas redes sociais