Professora morre 18 dias depois do marido de COVID-19 no Piauí

Ela estava internada há 24 dias na UTI do Hospital Natan Portela e morreu por volta das 05h30 desta manhã

11 de abril de 2021, às 12:00 | Jonas Sousa

Após 18 dias que o marido Nonato Gomes morrer por COVID, a professora aposentada de Campo Maior, Maria das Graças de Oliveira Machado Gomes, de 71 anos, também perdeu a batalha contra a doença e faleceu nessa manhã de domingo (11.04), em Teresina.


LEIA TAMBÉM

Governo do Piauí prorroga medidas restritivas contra a COVID-19

No Piauí, 31 pessoas morrem de COVID-19 em 24h; 1.320 novos casos


Ela estava internada há 24 dias na UTI do Hospital Natan Portela e morreu por volta das 05h30 desta manhã após complicações da COVID-19. O corpo da professora foi enterrado nesta manhã, no cemitério São João, em Campo Maior.

O marido de Maria das Graças, Nonato Gomes, morreu no dia 24 de março, também vítima de COVID-19. Ele ficou internado na UTI do HGV em Teresina e teve complicações sérias da doença.  

“Perdi meu pai, por causa dessa doença maldita chamada de COVID-19 , e hoje perdi minha mãe, perdi minha vida toda em menos de um mês”, escreve o filho casal Romulo Gomes.

Casal vítima da COVID-19

Veja mais acessando o Portal de Campo Maior


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS