"Ministério excluiu 1 milhão de piauienses da vacinação", diz Franzé

O deputado revelou que vai fazer uma mobilização e pedir o empenho dos parlamentares federais para corrigir a distorção

16 de abril de 2021, às 09:00 | Cobertura Coronavírus

O Deputado Estadual, Franzé Silva (PT), disse em entrevista ao Portal Douglas Cordeiro, que o planejamento para a vacinação contra a COVID-19, feito pelo Ministério da Saúde, prejudicou o Piauí.

O parlamentar disse que após analisar detalhadamente o cronograma de vacinação e a quantidade de doses programadas para todos os estados, fica claro que houve erro nos cálculos.

"Nós temos uma população de aproximadamente 3.200.000 habitantes pelos dados do IBGE de 2010. Como não serão vacinadas as pessoas até 18 anos, este grupo tem que ser retirado da contagem. A estimativa é que temos 1 milhão de piauienses nesta faixa etária. Portanto, deveriam ser enviadas 2.200.000 doses. Só que a previsão é de 1.200.000 doses, ou seja, um milhão de piauienses foram excluídos pelo Plano Nacional de Vacinação. Mesmo que não tenhamos estas doses agora, não podemos deixar que estas pessoas sem vacina", disse Franzé Silva.

O deputado revelou que vai fazer uma mobilização política na Assembleia Legislativa e pedir o empenho dos parlamentares federais para corrigir a distorção.

"Se não fizermos isso agora, quando chegarem as vacinas, 1 milhão de piauienses ficarão de fora. Isso é um absurdo, um erro grosseiro e por isso vamos fazer esta campanha para corrigir isso o mais rápido possível", garantiu o deputado.


LEIA TAMBÉM

No Piauí, 34 pessoas morreram por COVID-19 em 24h; 1.539 casos


Deputado Estadual Franzé Silva


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS