Presidente do River-PI chora e pede desculpas às famílias

O presidente do River falou também que a torcida do América envolvida na briga estava proibido de entrar nos estádios

11 de fevereiro de 2020, às 14:15 | Ravi Marques

Em relação a confusão generalizada no estádio Albertão no último domingo (09/02) durante o jogo entre River-PI e América-RN, o presidente do time piauiense disse que registrou boletim de ocorrência no 13° distrito policial contra as torcidas organizadas para investigar o caso durante a partida do Nordestão. Genivaldo Campelo se emocionou ao falar sobre a briga entre as torcidas e pediu desculpas aos pais, mães e filhos que foram prestigiar a partida e acabaram testemunhando a confusão.

"Peço desculpas aos pais, mães... A gente trabalha muito...", disse chorando o presidente do River.

Genivaldo informou também que o clube busca imagens dos meios de comunicação para identificar e localizar alguns torcedores.

"Nós já fomos a sede da torcida organizada do River, procuramos alguns envolvidos nos atos de violência, já tem uma pessoa detida. O River está fazendo sua parte, ajudando a polícia. A Federação de Futebol Piauiense está nos apoiando também", informou Genivaldo.

O presidente do River falou também que a torcida do América envolvida na briga estava proibido de entrar nos estádios, mas conseguiram entrar no Albertão.

"Houve falha na segurança do Albertão, já que a torcida do América conseguiu entrar. A briga foi programada por alguns torcedores do Rio Grande do Norte. Eles conseguiram o apoio de outras torcidas como a do Fortaleza, do Guarany de Sobral. A logística foi dada por essas outras torcidas. Isso é lamentável, é triste o que aconteceu no Albertão", falou o gestor.

A confusão no estádio começou após o término da partida, quando torcedores do River teriam lançado um foguete contra a torcida rival. A partir daí gerou o tumulto e a reação da torcida do América. A polícia militar tentou acabar com o problema lançando balas de borracha. A confusão continuou do lado de fora do estádio.

Alguns torcedores, inclusive crianças, correram assustados para o gramado, na tentativa de sair da situação. A PM informou que as torcidas organizadas do River-PI serão banidas dos estádios. A decisão foi tomada após reunião com o Ministério Público do Piauí.

RIVER-PI e América-RN se enfrentam pela segunda fase da Copa do Brasil em uma data ainda a ser marcada.

Boletim de Ocorrência


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS