Assembleia avalia projeto que obriga vistorias em prédios do PI

As realizações de vistorias são indispensáveis pois a engenharia é um setor de riscos e essa prática ajuda a prevenir acidentes

Por Redação
01/11/2019, às 13:00

Desde que um prédio de sete andares caiu na cidade de Fortaleza no mês de outubro e deixou 9 pessoas mortas, a importância da vistoria de prédios começou a ser questionada e ganhar mais visibilidade. Um projeto de lei está sendo analisado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Piauí que torna obrigatória a realização de vistorias em condomínios e prédios públicos.

O engenheiro civil Robson Vieira, alerta para a importância da vistoria após a entrega da obra, pois um prédio só pode funcionar com a carga permitida para a edificação. Por isso o morador precisa receber um manual do proprietário onde ele vai saber todas as informações do edifício e posições que deve tomar caso ocorra algum problema.

“Após a entrega da obra a vistoria também é necessária porque quando é feito um projeto de uma determinada edificação é estabelecida uma determinada carga para essa edificação e às vezes o cliente pode colocar uma carga maior que a permitida. O morador deve receber e ler o manual do proprietário onde ele saiba todas posições que devem tomar caso ocorra algum problema”, disse.

Atualmente, no Piauí, não existe nenhuma lei que obrigue a realização dessas vistorias. Já em São Paulo, por exemplo, as vistorias em prédios públicos e condomínios é lei. Apesar de nunca ter acontecido tragédias envolvendo desabamento de prédios no Piauí, prevenção é sempre a melhor opção.

Engenheiro Civil Robson Vieira

nossas redes sociais