Educação de Teresina é finalista no Prêmio Educador Nota 10

O professor Ítalo Rômulo já esteve em outra final de premiação nacional, no ano de 2017, quando foi destaque do Prêmio Professores do Brasil

Por Redação
06/07/2018, às 09:30

Foi com uma ideia dinâmica para ensinar os alunos além da sala de aula que o professor Ítalo Rômulo Costa da Silva, da Escola Municipal Lunalva Costa, está entre os finalistas do Prêmio Educador Nota 10. O professor da Rede Municipal de Teresina é o único nordestino na lista dos dez primeiros finalistas revelada até agora pelos organizadores da maior premiação da educação básica no Brasil. 

A iniciativa reconhece o trabalho de educadores da Educação Infantil ao Ensino Médio, de escolas públicas e privadas, que trabalham com ideias simples, mas eficazes, no processo de ensino-aprendizagem. Na 21ª edição, mais de 4 mil projetos foram inscritos, passando por uma comissão de especialistas da área que selecionam 50 finalistas, até chegar nos dez primeiros colocados. Os vencedores do Prêmio Educador Nota 10 ganham um vale-presente no valor de R$ 15 mil, além de todas as despesas pagas para participarem da cerimônia de premiação, na Sala São Paulo, em outubro. O Educador do Ano também receberá mais um vale-presente no valor de R$ 15 mil. 

O professor Ítalo Rômulo já esteve em outra final de premiação nacional, no ano de 2017, quando foi destaque do Prêmio Professores do Brasil com um projeto onde os alunos liam contos para crianças em casas de acolhimento. O trabalho estimulava não só a leitura com estudantes em fase de alfabetização, mas valores como solidariedade, compaixão e empatia. Desta vez, a iniciativa que chamou atenção dos especialistas do Educador Nota 10 foi com a turma do 3º ano do Ensino Fundamental, quando aprenderam mais sobre o gênero textual aviso. 

Ítalo Rômulo Costa da Silva

O projeto batizado “Um elo de ligação entre alfabetização e letramento” desafiou os estudantes a vivenciarem uma situação comunicativa real. A turma percorreu os corredores da escola para identificar pontos onde poderia afixar avisos com regras de boa convivência. As crianças discutiram e confeccionaram de forma artesanal as placas que agora estão espalhadas por todos os espaços da unidade de ensino. 

Segundo o idealizador da atividade, os alunos perceberam de forma simples e divertida a importância da elaboração de mensagens bem escritas e compreensivas. 

“Foi uma construção coletiva. Partimos da necessidade dos alunos aprenderem o conteúdo, utilizamos ideias deles e sempre contamos com o apoio da direção da escola”, explica o professor Ítalo. 

Para ele, a premiação é um reconhecimento do trabalho realizado com dedicação. 

“Eu vejo como a concretização de um trabalho que me traz satisfação e crescimento profissional. Fico lisonjeado de ter o projeto como destaque, mesmo que ainda na primeira fase do prêmio, já mostra como crescemos enquanto equipe. É também uma forma de mostrar a todos o que estamos fazendo na educação de Teresina e, principalmente, nessa escola, que me orgulho muito em poder construir diariamente”, declara o docente. 

O Prêmio Educador Nota 10 é uma realização da Fundação Victor Civita, apresentada pela Abril e Globo, em parceria com a Fundação Roberto Marinho. A iniciativa conta com apoio da Nova Escola e patrocínio da Fundação Lemann e da Somos Educação.

nossas redes sociais