Neymar divulga print sobre mulher que o acusou de estupro

A defesa do jogador o acusa o ex-representante da mulher de ter pedido uma compensação financeira, para que a denúncia não fosse realizada

Por Redação
06/06/2019, às 08:30 - Atualizado em 09/06/2019, às 21:18

O atleta Neymar divulgou um novo print sobre a polêmica que está envolvido. Ele está sendo acusado de estupro, por uma mulher que conheceu nas redes sociais. No print, ele mostra uma conversa com o ex-advogado da mulher, José Edgard da Cunha Bueno Filho.

O ex-representante da mulher disse que se reuniu com os advogados do Neymar, no último dia 29, e negou que tinha ocorrido uma tentativa de extorsão. Porém, a defesa do jogador o acusa de ter pedido uma compensação financeira, para que a denúncia não fosse realizada.

“Na reunião, o advogado apresentou um inaceitável pedido de “cala boca”, prontamente rejeitado. O pedido de dinheiro foi presenciado não por uma, mas por três testemunhas”, dizia o comunicado. “Em resposta à Nota divulgada pelo escritório Fernandes e Abreu, veiculada no Jornal Nacional da Rede Globo (04/06) e no Bom dia Brasil (05/06), a assessoria jurídica de Neymar Jr. vem dizer que, ao contrário do veiculado, o Sr. Neymar da Silva Santos, pai do jogador, foi procurado pelo Dr. José Edgard Cunha Bueno no dia 29/05, que requisitou agendamento de reunião, como fica claro na mensagem abaixo. A iniciativa para realização do encontro sempre partiu do citado advogado. Também importante reforçar que, na reunião, o advogado apresentou um inaceitável pedido de “cala boca”, prontamente rejeitado. O pedido de dinheiro foi presenciado não por uma, mas por três testemunhas. Por fim, esclarecem que tal fato foi comunicado à autoridade policial e que as testemunhas se encontram à disposição”, diz a nota.

VEJA O PRINT DA CONVERSA

Com informações do Observatório dos Famosos.

nossas redes sociais