Piauí é terceiro maior gerador de energia eólica do Brasil

São 60 empreendimentos eólicos em operação, nove em construção e 19 para serem construídos, todos outorgados pela ANEEL

Por Redação
01/12/2019, às 18:10

O Piauí está entre os maiores produtores de energia limpa do Brasil, com 60 parques eólicos em operação, o estado aparece na terceira colocação na produção de energia, com 676,5 Megawatts (MW) médios, considerando a energia entregue no período de janeiro a agosto de 2019. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

O Piauí é a nova fronteira para mercado de geração de energia, com destaque para as energias renováveis. Segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB), o estado produziu 5,552 Gigawatt/hora (GWh) de energia elétrica no ano de 2017, enquanto consumiu apenas 3,481 GWh no mesmo ano. Assim, o estado apresenta grande potencial de geração de energias solar e eólica e já possui em sua matriz energética grandes empreendimentos em operação, sendo as fontes renováveis predominantes, em relação às não renováveis.

Segundo a Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), dados consolidados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) indicam que a geração de energia eólica em operação comercial no País cresceu 14,7%. Especificamente no mês de agosto, as usinas eólicas registraram o recorde de geração da fonte, alcançando 8.610 MW médios, crescimento de 22,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. Uma explicação para o aumento é a ampliação do número de empreendimentos ativos pelo país.

Quando a análise foca na geração por estado, a Bahia é o maior produtor de energia eólica no País, considerando a energia entregue no período de janeiro a agosto de 2019. Dados do Operador Nacional do Sistema (ONS), apontam que o Piauí bateu o recorde histórico na geração de energia eólica em setembro de 2019, com a produção de 1.159 MW.

Quando se fala em capacidade instalada para a produção de energia a partir da força dos ventos, os dados consolidados da CCEE apontam o Piauí com 1.638,1 MW, ocupando a quinta colocação no cenário nacional. Ressalta-se que o número diverge do valor apresentado anteriormente (1619,20 MW – ANEEL), podendo esta pequena diferença estar relacionada a diferentes momentos de medição, a unidades geradoras em teste ou com comercialização suspensas, dentre outros.

PARQUES EÓLICOS

O Piauí conta com 60 empreendimentos eólicos em operação, nove em construção e 19 para serem construídos, todos outorgados pela ANEEL. O setor de energias renováveis é o mais dinâmico da economia do Piauí, no qual estão sendo investidos cerca de R$ 25 bilhões e a perspectiva é que o avanço seja ainda maior nos próximos anos.

Atualmente, o maior parque eólico em construção na América do Sul está localizado no Piauí, nos municípios de Lagoa do Barro do Piauí, Queimada Nova e Dom Inocêncio. De acordo com dados levantados junto à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), o Piauí possui cerca de 2516 MW de potência em empreendimentos de energia eólica que se encontram em fase inicial de licenciamento ambiental.

nossas redes sociais