Segundo DNIT, 89% das estradas federais do Piauí estão boas

De acordo com o gestor, pontos críticos na BR-135 e na BR-343 serão corrigidos pelo órgão federal até o próximo mês de Julho

Por Tarcio Cruz
06/06/2019, às 15:00

O Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Ribamar Bastos, revelou que 89% das estradas federais do Piauí estão em bom estado. O número é um recorde após o fim do período chuvoso. 

De acordo com o gestor, pontos críticos na BR-135 e na BR-343 serão corrigidos pelo órgão federal até o próximo mês de Julho. Para Ribamar, apesar de um dos invernos mais chuvosos dos últimos tempos, o estado conseguiu manter um nível satisfatório de rodovias. 

“No geral nós estamos bem, apesar de todo esse inverno rigoroso foi feita uma avaliação agora em Maio que mostrou que temos 89% das nossas rodovias federais em bom ou regular Estado. Temos problemas pontuais que estamos resolvendo até o mês de junho. Temos problemas mais sérios na BR-343 próximo a Piripiri e Buriti dos Lopes e temos também uns probleminhas entre Jerumenha e Bertolínia que estão com alguns buracos. Fora isso as estradas estão em bom estado”, afirmou.

Ribamar Bastos destacou u o início das obras das publicações das BRs que cortam o perímetro urbano da capital, destacando que os trabalhos foram iniciados num convênio atípico dentro do DNIT, com recurso do Governo Estadual e não do Governo Federal. 

A renovação de convênio se encerra em 31 de dezembro de 2019. Ribamar confirmou a conclusão do projeto do DNIT para a ampliação da duplicação da BR 316 até o município de Demerval Lobão a obra, orçada em 100 milhões de reais tem previsão para conclusão até o fim de 2020.

Superintendente do DNIT, Ribamar Bastos

nossas redes sociais