Cinco pessoas morreram nos primeiros dias de julho nas BR's do PI

Além disso, mais de 3 mil motoristas e motociclistas passaram pelo teste do bafômetro, sendo que 54 estavam sob efeito de álcool e 12 foram presos

Por Ravi Marques
15/07/2019, às 16:51

Aumentou em 61,14% o número de veículos com sentido ao litoral do Piauí entre os dias 12 e 14 de julho nas rodovias federais do Estado em relação ao mesmo período de maio. Essas são informações da Polícia Rodoviária Federal, que deu início desde o dia 1º de julho a operação Férias Escolares.

"Sempre nesse período aumenta o fluxo de veículos para o norte do estado. São pessoas do Piauí, do Maranhão e Ceará que procuram lugares para passar as férias. Por isso estamos com essa operação para preservar vidas e punir que descumpre a lei de trânsito", disse o inspeto Alexsandro Lima, do Núcleo de Comunicação da PRF.

De 1º de janeiro até esta segunda-feira (15/07) a Polícia Rodoviária Federal flagrou duzentas pessoas realizando ultrapassagem em local proibido e quatrocentos e oito condutores foram autuados por estarem acima da velocidade permitida. 

Além disso, mais de 3 mil motoristas e motociclistas passaram pelo teste do bafômetro, sendo que 54 estavam sob efeito de álcool e 12 foram presos. Até agora foram registrados 50 acidentes, com 60 pessoas feridas e cinco mortas, sendo duas na cidade de Monsenhor Gil, uma em Altos, uma em Amarante e uma em Teresina.

Entre os mortos está o diretor do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí, Deusdedith Araújo, de 63 anos. O carro que ele estava colidiu na traseira de outro veículo quando ele voltava do trabalho, entre as cidades de Altos e Teresina.

A partir desta semana o fluxo de veículos deve aumentar, principalmente em direção ao litoral piauiense.

"No ano passado, no mesmo período tivemos 127 acidente, com 167 feridos e 10 pessoas mortos. Nesse ano nosso objetivo é diminuir esse número", informou o inspetor Alexsandro Lima.

Operação Férias Escolares

nossas redes sociais