Estelionatário é presos se passando por senador do Piauí

Segundo as investigações da polícia, o homem agia utilizando redes sociais, nas quais se passava pelo parlamentar

Por Ravi Marques
04/06/2020, às 11:27 - Atualizado em 04/06/2020, às 12:37

Um homem suspeito de estelionato foi preso, em Teresina, por aplicação golpes se passando pelo Senador Ciro Nogueira. A ação foi desenvolvida pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), com apoio da Gerência de Polícia Especializada. O suspeito foi preso enquanto recebia valores de um golpe que havia aplicado em um condomínio da zona leste da capital.

"Tendo recebido a informação de que mais um golpe estava em andamento, a Polícia Civil pôde se antecipar, filmar a ação criminosa, identificar os envolvidos e prender o responsável. O autor do crime realizava diversas ações sociais, junto a sua Igreja, e acompanhando políticos e assessores, a partir de onde realizava contatos, podendo selecionar possíveis vítimas", explica o Delegado Matheus Zanatta, Gerente de Polícia Especializada.

Segundo as investigações, o homem agia utilizando redes sociais, nas quais se passava pelo senador. Após estabelecer contato e relação de confiança com as vítimas, o autor solicitava que elas realizassem transferências bancárias, bem como doação de bens diversos para trabalhos sociais. Acreditando estarem tratando com o Senador Ciro Nogueira, a vítimas caiam em erro e entregavam o que lhes era pedido.

"Até o momento já foram identificadas pelo menos quatro mulheres vítimas do mesmo golpe. Ele tinha preferência por mulheres. A gente pede que, se houver mais vítimas, procure a delegacia de crimes virtuais", disse o delegado de crimes virtuais, Anchieta Nery.

NOTA DIVULGADA PELO SENADOR CIRO NOGUEIRA

O senador Ciro Nogueira soube da prisão do acusado por intermédio da imprensa. Sobre o caso, ressaltou que as pessoas devem estar atentas a pedidos financeiros feitos de modo virtual. Segundo ele, é importante verificar a procedência de mensagens e, em se tratando das que se relacionam com figuras públicas, pode ser feito entrando em contato com as assessorias. Ciro Nogueira reafirmou que nunca fez ou fará pedidos dessa natureza em suas redes sociais.

Delegado Matheus Zanatta / Foto: Portal GP1

nossas redes sociais