Família de Vanessa protesta e conversa com presidente do TJ-PI

A jovem morreu após ser atropelada por Pablo na saída de uma festa de casamento, na Zona Leste de Teresina

Por Ravi Marques
19/10/2019, às 10:00

Familiares e amigos de Vanessa Carvalho fizeram uma caminhada na avenida Frei Serafim, Centro de Teresina, até o Tribunal de Justiça do Piauí. Ele protestaram pedindo celeridade no processo criminal contra Pablo Henrique Santos, principal suspeito de assassinar Vanessa e ferir a namorada, Anuxa Alencar.

O pai de Vanessa disse que Pablo sabia o que estava fazendo e que ele teve a intenção de matar a jovem.

"Nós vamos até o fim nesse caso. Minha filha morreu assassinada por um monstra que sabia o que estava fazendo. Queremos pedir ao judiciário e Ministério Público mais celeridade nesse caso", disse Edson Carvalho, pai de Vanessa.

A mãe da jovem participou da caminhada muito abalada e também pediu agilidade no processo.

"Quero que o Pablo pegue pena máxima. Ele matou minha filha. Ele deve ir a júri popular", falou a mãe de Vanessa, Vânia Carvalho.

Vanessa morreu após ser atropelada por Pablo na saída de uma festa de casamento, na Zona Leste de Teresina. Segundo a denúncia, Pablo brigou com a namorada, Anuxa, e acabou atropelando as amigas.

Depois do atropelamento Pablo foi pra casa dormir. A Polícia chegou em seguida e prendeu o empresário. Anuxa foi levada para o hospital e está fora de risco de morte. Vanessa morreu na hora.

O Ministério Público Estadual ofereceu denúncia à Justiça contra Pablo Henrique Santos pelos crimes de feminicídio contra a namorada Anuxa Alencar e tentativa de feminicídio contra Vanessa Carvalho.

O crime aconteceu no final de setembro desse ano.

Já no Tribunal de Justiça, familiares e amigos tiveram uma conversa com o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Sebastião Ribeiro Martins. O magistrado assumiu o compromisso de pedir rapidez na tramitação do processo mas frisou que os juízes são independentes no momento de tomarem suas decisões.

Protesto na Avenida Frei Serafim / Foto: Cidade Verde

Encontro com o presidente do TJ-PI / Foto: Cidade Verde

nossas redes sociais