GRECO deflagra operação contra policiais civis e militares no Piauí

Todos os envolvidos foram encaminhados para a sede do GRECO, na zona sul de Teresina. A operação está em andamento

Por Ravi Marques
02/12/2019, às 10:37 - Atualizado em 02/12/2019, às 10:52

Pelo menos dezesseis policiais civis e militares são alvos de uma operação deflagrada na manhã desta segunda-feira (02/12) pela Secretaria de Segurança Pública do Piauí, através do GRECO (Grupo de Repressão ao Crime Organizado).

A operação aconteceu em Teresina e segundo a nota da Secretaria de Segurança Pública, estão sendo cumpridos também mandados de busca e apreensão contra uma organização criminosa composta por PMs e Civis.

Todos os envolvidos foram encaminhados para a sede do GRECO, na zona sul de Teresina. A operação está em andamento.

Até o momento nove pessoas foram presas na operação. O total são de 16 alvos, sendo treze policiais civis e militares. Equipes do Greco estão cumprindo os mandadosde busca e apreensão e prisão contra os envolvidos suspeitos de pertenceram a uma organização criminosa.

Os policiais civis e militares são suspeitos de roubo de carga, pistolagem e ajudar traficantes em boca de fumo. A investigação teve início durante o roubo de carga no Maranhão que aconteceu este ano.

Segundo a polícia, principal atuação é o roubo de carga de cigarros. Eles não registravam os roubos e vendiam a mercadoria.

A Secretaria de Segurança confirmou que todos os PMs envolvidos são de Teresina, e apenas um é carioca e estaria envolvido no roubo dos R$ 300 mil do Banco do Nordeste. Ele é considerado o líder da quadrilha.

Delegado Tales Gomes / Foto: Portal GP1

nossas redes sociais