HUT abre protocolo de morte cerebral para criança baleada na cabeça

O HUT informou que o protocolo é composto por duas avaliações clínicas neurológicas e um exame de imagem. Os dois exames clínicos já foram realizados

Por Ravi Marques
11/09/2019, às 14:00

O Hospital de Urgência de Teresina abriu protocolo de morte encefálica de uma criança de 1 ano e quatro meses, baleada na cabeça no bairro Bela Vista, zona sul de Teresina, no dia 4 de setembro.

De acordo com a polícia, a criança estava com os pais em uma motocicleta, quando carro parou ao lado da família e dois homens atiraram. O pai da criança Darle Silva Leite, 30 anos, foi atingido com oito tiros e veio a óbito. A mãe, Joyce Cleia Pereira da Silva, foi atingida em um dois braços.

O HUT informou que o protocolo de morte encefálica é composto por duas avaliações clínicas neurológicas e um exame de imagem. Os dois exames clínicos já foram realizados.

O exame de imagem aguarda que o estado de saúde da criança seja estável, sem variações na temperatura e pressão arterial. O hospital comunicou que não há prazo para encerramento do protocolo, a equipe aguarda que o paciente apresente estado clínico favorável para encerrar o protocolo e chegar a uma conclusão.

No dia do crime a polícia apreendeu no local R$ 3 mil, celulares e cartuchos das armas usadas no atentado. A Polícia investiga o caso para identificar os criminosos e o motivo do crime.

HUT / Foto: Portal GP1

nossas redes sociais