Irmãos são presos acusados de integrar o "Comando do Cão" no PI

Segundo o delegado Willame Moraes, coordenador da Divisão de Captura, era comum os líderes do grupo fugirem para outros Estados para evitar a investigação

Por Plínio Castelo
13/08/2019, às 09:16 - Atualizado em 13/08/2019, às 11:06

A operação foi realizada no Piauí, Distrito Federal, Goiás e Maranhão. Foram cumpridos 49 mandados de prisão e o alvo da investigação era a facção criminosa "Comando do Cão" que é acusada de realizar diversos homicídios em Brasília. Entre os presos estão dois irmãos do piauienses. 

Segundo o delegado Willame Moraes, coordenador da Divisão de Captura, era comum os líderes do grupo fugirem para outros Estados para evitar a investigação.

"Com em qualquer organização criminosa as funções eram bem definidas. A mulher era responsável pela lavagem de dinheiro e movimentação financeira. O dinheiro do tráfico de drogas e dos homicídios caíam na conta dela. O irmão responde por homicídio", disse o delegado.

Foram apreendidos também drogas, armas e veículos e os suspeitos também tiveram suas contas bancárias bloqueadas.

Delegado Willame Moraes / Foto: GP1

nossas redes sociais