PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Mulher morta na Avenida Maranhão, em Teresina, foi identificada

A polícia continua as investigações na busca do autor do feminicídio. Para a família, o ex-companheiro de Aretha é o principal suspeito

Por Redação
16/05/2018, às 14:05 - Atualizado em 17/05/2018, às 20:05

A Câmara Municipal de Teresina realizou uma sessão relâmpago em respeito a cabeleireira Aretha Dantas Claro que foi assassinada na madrugada da última terça-feira na Avenida Maranhão.

Aretha era filha do servidor do legislativo municipal, Aldir Claro. A polícia continua as investigações na busca do autor do feminicídio. Para a família, o ex-companheiro de Aretha é o principal suspeito.

Aretha Dantas Claro

VEJA MATÉRIA SOBRE O CASO

Mulher é morta após ser esfaqueada e depois atropelada em Teresina

nossas redes sociais