PF-PI sequestra bens de empresário por fraudes previdenciárias

Na primeira fase foram presos integrantes de um grupo organizado suspeito da prática de fraudes previdenciárias, falsidade documental, e corrupção

Por Ravi Marques
14/02/2020, às 12:30

Na manhã desta sexta-feira (14/02) a Polícia Federal deflagrou a Operação Senes 2, com o objetivo de coletar vestígios de lavagem de dinheiro e crimes previdenciários na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí.

Estão sendo cumpridos 02 mandados de busca e apreensão, sequestro de bens imóveis e bloqueio de valores determinados pela 1ª Vara Federal Criminal de Teresina-PI. Participam da Operação 12 policiais federais da Delegacia de Parnaíba.

O inquérito teve início na Operação SENES e foi instaurado no ano de 2019. Na primeira fase foram presos integrantes de um grupo organizado suspeito da prática de fraudes previdenciárias, falsidade documental, e corrupção.

Os investigados respondem na Justiça Federal pelos crimes de estelionato majorado, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistemas de informação, corrupção e organização criminosa.

Material apreendido

nossas redes sociais