Policiais militares são presos suspeitos de fraudar concurso no PI

A operação, deflagrada pela Delegacia de Combate à Corrupção – DECCOR –, tem como objetivo dar cumprimento a nove mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão

Por Plínio Castelo
13/08/2019, às 10:52

A Polícia Civil do Piauí deflagrou, na manhã desta terça-feira (13/08), a Operação Fraudulenti e prendeu oitos policiais militares no Estado. Os presos são suspeitos de fraudar o concurso público da Policia Militar do ano 2014. 

A operação, deflagrada pela Delegacia de Combate à Corrupção – DECCOR –, tem como objetivo dar cumprimento a nove mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da 1° Vara Criminal da Comarca de Teresina. Dos alvos, oito são policiais militares. Dois deles foram presos no quartel da PM, na cidade de Simões, no interior do Estado.                  

Cerca de 30 policiais civis participam da operação, com o apoio da Polícia Militar. Além de fraude a concurso público, os presos são suspeitos de  furto e associação criminosa.

Delegacia-Geral de Policia Civil / Foto: GP1

nossas redes sociais