PRF-PI apreende ônibus adulterado e com restrição da justiça

O condutor de 30 anos informou aos policiais que estava conduzindo o veículo da cidade de Codó (MA) até a cidade de Fronteiras-PI

22 de junho de 2020, às 16:00 | Ravi Marques

Um ônibus de turismo que estava com seus elementos de identificação adulterados foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal no primeiro dia da Operação Tamoio II. A ação ocorreu ao fiscalizar o veículo de passageiros na BR 316, na cidade de Picos, sul do Piauí. Os policiais estavam realizando policiamento ostensivo quando perceberam de imediato, o fato em questão. Ao realizar os procedimentos de identificação veicular, os policiais constataram que o veículo não possuía nenhuma manipulação dos elementos de identificação.

Após o procedimento de identificação, os policiais verificaram que a placa de identificação do veículo pertencia a outro ônibus com as mesmas características. Os policiais verificaram que o veículo original possuía inúmeros débitos de licenciamento desde o ano de 2015, totalizando o valor de R$ 21.298,16. Além disso, o veículo possuía restrição de circulação expedido pelos Tribunais de Justiça dos estados de Piauí, Sergipe e Pernambuco, devido a processos judiciais.

O condutor de 30 anos informou aos policiais que estava conduzindo o veículo da cidade de Codó (MA) até a cidade de Fronteiras, sul piauiense, para ser restaurado e entrar em circulação.

O motorista e o ônibus foram encaminhados para a Polícia Civil na cidade de Picos. O homem poderá responder pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Operação Tamoio II


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS