Quadrilha oferece R$ 6 milhões a polícia por droga apreendida no PI

O suborno não foi aceito pelos agentes que investigam quem é a pessoa que fez a proposta via whatsapp

12 de dezembro de 2019, às 09:00 | Ravi Marques

Policiais e delegados que participaram da operação que resultou na prisão de sete pessoas e na apreensão de uma tonelada de cocaína, teriam recebido uma proposta milionária para liberar parte da droga, um piloto preso e o avião bimotor que foi apreendido em Timon e pertencia a quadrilha de traficantes.

O valor oferecido seria de R$ 6 milhões. O suborno não foi aceito pelos agentes. A polícia investiga agora quem é a pessoa que ofereceu a proposta, que teria chegado via whatsapp.

A cocaína foi encontrada em duas caminhonetes. Os alvos estavam em bairros da zona norte, como o Pirajá. Segundo a secretaria de Segurança Pública do Piauí, essa foi a maior apreensão de cocaína da história do Piauí, avaliada em R$ 25 milhões.

Cocaína apreendida / Foto: Portal GP1


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS