"Dedo escorregou e atirei", diz acusado de homicido em Parnaíba

A vítima da tentativa de latrocínio contou que estava trabalhando em uma obra quando quando foi surpreendida pelos disparos

Por Plínio Castelo
23/05/2019, às 10:00 - Atualizado em 23/05/2019, às 03:02

A Delegacia de Combate a Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio prendeu Antônio Batista Lima da Silva Filho, 21 anos, acusado de tentativa de homicídio contra Raimundo Nonato Pereira dos Santos, no Bairro Dom Rufino II, Bairro Primavera, em Parnaíba.

A vítima estava trabalhando em uma obra quando quando foi surpreendida pelos tiros. Antônio Batista fugiu após o crime.

Ainda segundo a Polícia Civil, durante Interrogatório, o preso assumiu o crime; mas informou que a arma disparou acidentalmente. Durante depoimento a polícia, o acusado disse que iria apenas conversar com a vítima quando o dedo escorregou no gatilho e houve o disparo.

Prisão do acusado

nossas redes sociais